5 motivos para Bauza convencer Messi a voltar para seleção argentina

Bauza
Crédito da imagem: Fernando Nunes / saopaulofc.net

A entidade que comanda o futebol argentino anunciou nesta semana a escolha do técnico Edgardo Bauza para comandar a seleção. Um dos desafios do ex-técnico do São Paulo é reverter a polêmica envolvendo a aposentadoria de Messi.

LEIA MAIS:
Maradona faz apelo: “Deixem o Messi em paz”
Veja técnicos que estão no mercado e podem substituir Bauza no São Paulo

O camisa 10 do Barcelona perdeu um pênalti na final da Copa América Centenário contra o Chile e quando deixou o estádio afirmou que aquele seria a última partida com a camisa da seleção. O Torcedores.com listou argumentos para endossar a conversa de Bauza com Messi.

1) Carinho da torcida: O anúncio da suposta aposentadoria de Messi causou comoção geral na Argentina e em diversas partes do mundo, o que mostra a importância e a admiração pelo craque

2) Novo técnico: O começo de um trabalho traz mudança na filosofia, a perspectiva de uma realidade diferente com a chegada de Edgardo Bauza gera impacto nos jogadores, entusiasmados em buscar uma vaga na seleção

3) Divisão de tarefas: Escolher outro capitão para assumir o papel de porta-voz da seleção para descentralizar a pressão em cima de Messi seria uma opção para Bauza. Companheiro de Messi no Barcelona, o polivalente Mascherano poderia assumir esta função

4) Recordes: Neste ano durante a Copa América Centenário Messi tornou-se o maior artilheiro da história da seleção argentina e a continuidade no trabalho expressa a consolidação da carreira, com a ideia de traçar metas e coroar o desempenho

5) Fim da fila: Argentina acumula jejum de títulos desde 1993. A Copa do Mundo da Rússia é a próxima competição oficial e surge como oportunidade para Messi reverter este cenário e cair de vez nas graças dos compatriotas

(Crédito da imagem: Fernando Nunes / saopaulofc.net)