Alecsandro pega gancho de dois anos em julgamento por caso de doping

Alecsandro
(Foto: Cesar Greco / Fotoarena)

O atacante Alecsandro foi suspenso por dois anos em julgamento realizado pelo Tribunal de Justiça Desportiva de SP (TJD-SP) na noite desta segunda-feira (01), por ter sido flagrado no exame antidoping realizado após o clássico contra o Corinthians, no Campeonato Paulista deste ano.

LEIA MAIS

Palmeiras: Prass será operado na quarta-feira e deve voltar a jogar só em 2017

Os exames de Alecsandro acusaram a presença de agentes anabólicos no jogo contra o alvinegro, o que levou a suspensão preventiva do atleta por 30 dias. Após cumprir a punição, o atacante voltou aos gramados na 16ª rodada, no segundo tempo da derrota contra o Atlético-MG.

No julgamento, dois auditores votaram pela pena máxima (quatro anos) e outros dois votaram para um gancho reduzido, de dois anos, levando o presidente da Comissão Disciplinar decidir pela punição menor, aconselhando a defesa do atleta a recorrer.

Os advogados que atuaram a favor do palmeirense foram escolhidos pelo próprio Alecsandro e devem ter cerca de três dias para recorrer após o anuncio oficial do tribunal, que deve ocorrer durante as próximas 48 horas. O centroavante já cumpriu 30 dias de punição, logo, esse período deve ser descontado da pena total.

Alecsandro saiu do tribunal chorando e não quis falar com a imprensa. Durante todo o tempo que esteve lá, o atleta balançava a cabeça negativamente conforme as decisões de cada auditor era proferida.