Assalto a nadadores americanos é contestado em texto nas redes sociais

nadadores
Reprodução/Twitter

Foram publicadas pelo jornal britânico “Daily Mail” imagens dos quatro nadadores americanos que disseram ter sido vítimas de um assalto no Rio Janeiro depois de uma festa.

Na filmagem, é exibido o momento da chegada dos atletas na Vila Olímpica e indicam que foi gravado às 6h56 da manhã de domingo, três horas depois que teria acontecido o incidente.

LEIA TAMBÉM
Nadadores americanos só chegaram à Vila Olímpica três horas depois que dizem ter saído de festa

Em publicações no Facebook e em mensagens do Whatsapp, circula um texto que desmente a versão de Ryan Locthe e dos outros nadadores sobre o assalto.

Supostamente atribuído ao lutador Renzo Gracie, o texto reforça o que foi mostrado pelas imagens obtidas pela emissora inglesa.

Veja a íntegra do texto que circula nas redes sociais:

Tô tão irritado com a mentira grosseira contada pelo time americano de natação, que estou vazando a história real para todos os meus amigos. O Ryan Lochte não foi roubado coisa nenhuma! Ele estava de sacanagem com mulher e inventou esta história para não dar problema com a namorada, que está no hotel dele na Barra (Grand Mercure). Ele não deixou a Casa França às 04am e foi roubado por um policial de distintivo em local “incerto”, conforme alegado pela imprensa e por ele mesmo mas redes sociais. Ele só saiu de lá às 06am e foi bêbado pra vila olímpica, onde chegou 40 minutos mais tarde. Em breve, vazo as câmeras de segurança da vila, que mostram ele chegando com carteira, celular, relógio e credenciais na vila olímpica. Mas como assim?? Ele não tinha sido roubado?? Então como chegou com todos esses pertences?? Só estou vazando a informação, porque estou muito puto com o fato de o comitê olímpico brasileiro estar pedindo desculpas em inglês à delegação americana até agora e o Ryan Lochte estar dando entrevista atrás de entrevista para valorizar e reforçar está mentira!! O Brasil e sobretudo o RJ está ficando mais queimado ainda com essa mentira. Tudo bem que esta falsa comunicação de crime é de competência do jecrim, não dá em nada na prática, é besteira, não gera prisão… Tudo ótimo!! Não quero algemar o Ryan Lochte e bicar ele para os EUA. Quero, apenas, que a justiça seja feita e ele se retrate em relação ao que falou da nossa cidade, assumindo que mentiu por questões pessoais. Digo isso, porque a polícia não vai fazer nada, tendo em vista que o consulado americano pediu para a gente abafar o caso e os policiais que comandam a unidade são medrosos e baixam a cabeça para o consulado por questões políticas. Transmitam a informação por favor.
Renzo Gracie

Veja também o vídeo:



Flávio Moreira é jornalista especializado em mídias sociais. Com passagens por UOL e Electronic Arts, é apaixonado por esporte e acredita na produção de conteúdo feito de torcedor para torcedor.