Bicampeão da América pelo Inter ajudou na contratação de Ceará

Ceará
Foto: Coritiba/Divulgação

Ceará será o quarto jogador campeão mundial de 2006 a voltar para o Inter. O clube confirmou a contratação do experiente lateral-direito de 36 anos junto ao Coritiba nesta segunda-feira, 1°, em uma negociação que surpreendeu o próprio jogador. Bolívar, ex-jogador profissional e campeão da Libertadores pelo Inter em 2006 e 2010, intermediou a negociação já que agora também atua como empresário.

LEIA MAIS:

Mercado da Bola 2016: Grêmio já sabe quando Barcelona fará proposta por Luan

Falcão viu um ponto positivo no Inter na derrota para o Corinthians

“Volto muito feliz. Gostaria de ter voltado em uma situação mais favorável, mas infelizmente a realidade do Inter é um pouco complicada. Estou voltando para tentar ajudar o Inter de todas as formas e colocar o time onde ele merece. Se eu estiver regularizado, estarei pronto para jogar. Fui surpreendido por volta das 12h30 com um telefonema do Bolívar, que intermediou a negociação. Houve interesse de minha parte e da parte dos clubes. Por volta de 16h30 já estava tudo acertado”, explicou Ceará.

Ceará, aos 36 anos, vinha atuando pelo Coritiba na atual edição do Brasileirão. No entanto, ele ainda não havia feito as sete partidas e desta forma ainda poderia se transferir para outra equipe. O Inter agiu rápido e firmou sua contratação. O clube desembolsará cerca de R$ 1 milhão ao Coritiba.

O lateral assina contrato até dezembro de 2017 e deverá ser titular absoluto da lateral direita enquanto William estiver fora da equipe. Nos últimos jogos, Falcão vinha tendo dificuldades em fazer a composição do setor. O volante Fabinho e o zagueiro Ernando foram testados na posição, sem muito sucesso. No Inter, Ceará se popularizou ao marcar Ronaldinho Gaúcho, então melhor do mundo pelo Barcelona, na final do Mundial de 2006.



Jornalista formado pela PUCRS em agosto de 2014. Dupla Gre-Nal.