Brasil x China: saiba como assistir ao jogo de vôlei AO VIVO na TV

Brasil x China
Foto: Divulgação/FIVB

Pelas quartas de finais do vôlei feminino olímpico, Brasil x China promete ser um jogão de estilos bem diferentes e o Brasil em busca do tri olímpico.

LEIA MAIS
JAPÃO X ESTADOS UNIDOS: SAIBA COMO ASSISTIR AO JOGO DE VÔLEI AO VIVO NA TV

A partida será realizada nesta terça (16), a partir de 22h15, direto do Maracanãzinho. A transmissão ao vivo da partida será dos canais Rede Globo, Band, Rede Record, SporTV, ESPN Brasil, Fox Sports e Band Sports. Todos os canais irão acompanhar ao vivo todas as emoções desse jogo decisivo, valendo vaga nas semifinais olímpicas.

Brasil e China é o duelo entre duas forças do voleibol feminino. As últimas seleções campeãs olímpicas, com a China, campeã em Atenas 2004, e o Brasil bicampeão, em Pequim e Londres. A seleção brasileira está invicta até aqui, com cinco vitórias em 5 partidas no Rio 2016, enquanto que as chinesas estão com altos e baixos e uma campanha de duas vitórias e três derrotas.

A seleção brasileira tem a melhor campanha da competição até aqui, sem perder nenhum set em cinco jogos. Aliando força física e um ataque potente, o Brasil está arrasando as adversárias, com uma distribuição eficiente de Dani Lins, ótimas atuações da líbero Léia e o renascimento de Scheilla. A líbero Léia é a segunda melhor, segundo as estatística da competição, enquanto Scheilla e Fernanda Garay estão entre as melhores atacantes da competição.

A seleção chinesa ainda não convenceu nos Jogos Olímpicos. A equipe com menor média de idade da competição e comandada pela craque Lang Ping, as chinesas alternam bons e momentos durante os jogos na recepção e no ataque, além de depender do talento da craque Zhu, uma das principais jogadoras da atualidade. Ting Zhu é a terceira maior pontuadora da competição até aqui e a melhor atacante, segundo as estatísticas.

Brasil e China já se enfrentaram várias vezes em Jogos Olímpicos. A última derrota brasileira para as chinesas aconteceu nos Jogos de Seul em 1988. De lá para cá foram 4 jogos, com quatro vitórias do Brasil, incluindo a semifinal de Pequim, na casa das chinesas, por 3 sets a 0 em 2008.