Como assim? Dana White insinua possível inocência de Jon Jones

Reprodução/Perfil Oficial Jon "Bones" Jones

O caso de doping envolvendo Jon Jones antes do UFC 200 pode sofrer uma reviravolta em breve. O chefão do UFC, Dana White, disse em entrevista a um programa de rádio dos Estados Unidos que o ex-campeão dos meio-pesados do Ultimate pode vir a ser inocentado do uso de esteróides.

LEIA MAIS

APRESENTADORA ELLEN DEGENERES É ACUSADA DE RACISMO EM IMAGEM COM BOLT

ORGANIZAÇÃO DAS OLIMPÍADAS DÁ VEXAME MAIS INACEITÁVEL: EM JOGO DE FUTEBOL NO MARACANÃ

White comentou que a Agência Antidopagem dos Estados Unidos (USADA) estaria fazendo testes com as amostras de Jones nas quais poderiam indicar que uma substância contaminada com bloqueadores de estrogênio e ingerida pelo lutador seria a fonte de entrada da droga em seu organismo.

“Nem sei se isso é público e nem sei se posso falar sobre isso. Mas parece que Jon Jones não tomou a droga que todos pensavam, parece que ele tomou algo diferente. Pode ser alguma coisa boa para ele”, afirmou o chefão do UFC segundo o Uol Esporte.

“A substância acusada é uma pílula que você toma quando termina de tomar esteróides. Mas parece que isso estava também em outras coisas. Você tem que dizer a eles (USADA) o que você e ele (Jones) não o fez”, completou.

Caso haja a comprovação de que houve contaminação de substâncias usadas por Jon Jones, o lutador pode pegar uma pena reduzida da que poderia pegar (dois anos) por ter sido pego no exame antidoping antes da luta contra Daniel Cormier no UFC 200. As declarações de White coincidentemente acontecem após Jones divulgar um vídeo no qual disse ter ‘boas notícias‘ sobre o caso e insinuando uma volta ao octógono.

(Crédito da foto: Reprodução/Perfil Oficial Jon “Bones” Jones)