Diretor do São Paulo não descarta procurar técnicos empregados para o lugar de Bauza

São Paulo
Crédito de imagem: Érico Leonan/saopaulofc.net

Durante a coletiva de anuncio da saída oficial de Bauza, o diretor-executivo do São Paulo, Gustavo Vieira de Oliveira, marcou presença para fazer os agradecimentos do clube ao treinador pelo trabalho nos últimos seis meses e não conseguiu escapar das perguntas sobre o novo treinador.

LEIA MAIS:
BAUZA FARÁ SUA DESPEDIDA DO SÃO PAULO COMANDANDO O TIME CONTRA O ATLÉTICO-MG
SÃO PAULO ENFRENTA O JUVENTUDE NAS OITAVAS DE FINAL DA COPA DO BRASIL
“A SELEÇÃO ARGENTINA É UM PRÊMIO QUE CHEGA NUM MOMENTO SEGURO DA MINHA CARREIRA”, DIZ BAUZA

Gustavo fala sobre o perfil do novo técnico. “A gente pretende manter essa discussão em ambiente bem reservado até para que seja uma passagem o quanto mais tranquila possível. Posso dizer que temos uma segurança de conceito avançada do que queremos, algo que teve a contribuição do Patón. A segurança nesse processo nos dá uma certa segurança de que o caminho seja menos tormentoso”, afirmou.

Questionado se o técnico pode ser brasileiro ou estrangeiro, o diretor-executivo do Tricolor não deu pistas, mas disse o que o clube do profissional. “Sendo brasileiro, ele traz o desafio de poder se encaixar dentro da nossa filosofia de trabalho. Será preciso dar atenção às categorias de base, valorizar a comissão técnica, cada um com sua função dentro do que é trabalhado. O treinador que vier terá de se relacionar com essas coisas”, destacou.

Gustavo diz que até mesmo os técnicos empregados podem assumir a equipe: “Já temos algumas ideias que fomos obrigados a amadurecer até pelo que poderia acontecer com o Patón. Já estamos debatendo internamente. Precisamos definir o perfil, a postura de trabalho. Já estamos no trabalho de filtragem dos nomes. Será um processo cuidadoso, até porque sabemos que nosso torcedor já está ansioso. Caso a gente se interesse por alguém que está empregado, faremos da forma mais ética possível”, finalizou

Bauza ainda comenda os treinos do São Paulo e irá fazer sua despedida comandando o Tricolor na partida contra o Atlético-MG, nesta quinta (4), às 19h30, no Morumbi.



Jornalista com passagens pelo Portal R7, Jornal do Trem, Impacto Comunicação, Dialoog Comunicação e Comunicale.