Ex-atacante do Aston Villa morre após incidente com polícia britânica

Reprodução / Facebook

Por volta das 05:30 (horário de Brasília) a lenda do Aston Villa, Dalian Atkinson, morreu após ser atingido por arma de choque pela polícia. O ex jogador de 48 anos de idade faleceu após um incidente na casa de seu pai, em Telford, Inglaterra.

Policiais foram chamados para o endereço após relatos preocupados de um vizinho. O pai do ex-atacante disse que seu filho estava sido em um estado extremamente agitado antes do incidente e disse: “Ele estava em um estado real. Não sei se estava bêbado ou drogado, mas ele estava muito agitado e sua mente estava conturbada.”

O pai ainda acrescentou: “Ele estava ameaçador e muito chateado. Não chamei a polícia, mas alguém o fez.”

Apesar do ex-futebolista receber todos os cuidados médicos, ele foi declarado morto por volta das 07:00 (horário de Brasília).

Atkinson fez parte do time campeão da Copa da Liga Inglesa pelo Aston Villa em 1994, marcando o primeiro gol na vitória da equipe por 3-1 sobre o Manchester United.

Em um comunicado, um porta-voz da polícia disse: “A polícia de West Midlands pode confirmar que os oficiais responderam a um relatório para a preocupação com a segurança de um indivíduo em aproximadamente 01:30 na segunda-feira, 15 de agosto em um endereço em Telford.

No ano passado o uso policial de armas de choque, que servem como uma arma não-letal, subiram ligeiramente no final de 2015 com 10.329 usos pelas forças na Inglaterra e País de Gales, um aumento de 2% sobre o ano anterior.

No entanto, desses, 19% (1.921) eram descargas; uma redução de 3% do ano anterior.



Jornalista em formação pela Universidade Anhembi Morumbi, aficionado por futebol e que, segundo fontes, escolheu o jornalismo após a final do Campeonato Paulista de 1999. No torcedores.com, busca retratar o futebol europeu na visão de um antigo morador da Inglaterra, mas nunca deixando a essência do futebol tupiniquim de lado.