Ex-chefe da Ferrari fala sobre Schumacher: “Está reagindo”

Michael Schumacher se acidentou enquanto esquiava, lesionando a cabeça. (Foto: Getty Images)

Michael Schumacher é um dos maiores pilotos de Fórmula 1 de todos os tempos e o maior vencedor da modalidade. Recordista de vitória pela Ferrari, ex-piloto alemão vem lutando pela vida há pelo menos 2 anos após sofrer um grave acidente de esqui, na Suíça.

LEIA MAIS:
TITE FARÁ AMANHÃ SUA 1ª CONVOCAÇÃO PARA A SELEÇÃO BRASILEIRA
CICLISTAS BRITÂNICOS SE PERDEM NO RIO DE JANEIRO A CAMINHO DE TREINO
VÍDEO: APÓS SER CAMPEÃO, MARCELO EMOCIONA TORCEDOR MIRIM
MEDALHA DE OURO NA NATAÇÃO DESABAFA: “QUERIA VER MAIS MENINAS NEGRAS AQUI”
VEJA PAIS E FILHOS QUE CHEGARAM A TRABALHAR JUNTOS NO ESPORTE

Segundo Luca Cordero di Montezemolo, ex-chefe da Ferrari, Schumacher está reagindo ao tratamento que lhe tem sido aplicado:

“Estou muito contente em saber que ele está reagindo. Eu sei o quão forte ele é. Tenho certeza de que, graças à sua determinação, que será crucial, ele vai sair dessa situação muito, muito difícil”, disse o empresário ao site Ecumenical News.

O alemão sofreu um grave acidente de esqui há mais de dois anos enquanto esquiava nos alpes franceses. Desde então, as notícias sobre seu estado de saúde não trazem um diagnósticos precisos, já que ele segue blindado.

O acidente aconteceu em 29 de dezembro de 2013 e depois de passar meses hospitalizado na Suíça, Schumacher foi transferido para sua casa em Gland, na Suíça, onde continua o tratamento. Porém, as informações são poucas, já que a família do alemão impede que médicos e enfermeiros passem informações à imprensa.

Crédito da Foto: Getty Images