Francês agradece Thiago Braz, mas admite ter ficado ‘humilhado no pódio’

Reprodução/Twitter

O francês Renaud Lavillenie realmente vai sair do Rio de Janeiro traumatizado. Após ficar com a prata na prova do salto com vara, batido pelo brasileiro Thiago Braz, o então campeão olímpico reclamou das vaias do público no Engenhão. Um dia depois, o europeu retornou à pista para a premiação e foi novamente hostilizado pelos torcedores.

LEIA TAMBÉM:
Britânico mostra que comemorar antes da hora não é uma boa em Olimpíada; veja

Repórter inventou fala sobre candomblé de técnico francês para vitória de Thiago Braz
Vai, Brasil! Veja em quais modalidades o país ainda pode conquistar o ouro no Rio 2016

Nos bastidores, a decepção de Lavillenie foi tamanha que precisou ser consolado por Thiago e o lendário Sergey Bubka. Horas depois, o francês foi às redes sociais e agradeceu toda compreensão de seu algoz. Nas palavras, o vice-campeão olímpico se disse humilhado por tudo que passou no momento do pódio.

“Obrigado, Thiago. Sentir humilhação em um pódio olímpico. Eu nunca pensei que eu poderia sentir isso. Porque, na pista, há um verdadeiro respeito independente do que as pessoas dizem. Graças ao Thiago e ao Sergei, que me mostram a beleza e o lado real desse esporte fabuloso. Obrigado a todos que me apoiam, muito obrigado!”, escreveu Lavillenie.



Esportista de hobby, mas jornalista de profissão. Trabalhou como repórter do O Estado de S. Paulo, Revista TÊNIS. Tênis Virtual e CurtaTÊNIS em coberturas nacionais e internacionais de grandes eventos.