Gangorra Gre-Nal: Grêmio se aproxima dos líderes e vê Inter perto do Z4

Grêmio
Foto: (Grêmio Lucas Uebel)

Na ponta de cima da tabela, o Grêmio batalha pelas primeiras posições e cava o seu lugar dentro do G4, posto em que já esteve durante 16 rodadas do Brasileirão. Do outro lado, o Inter estaciona nos 22 pontos, cai a cada rodada e vê a zona do rebaixamento perigosamente se aproximar. A tão famosa “gangorra Gre-Nal” volta a se manifestar com força no Rio Grande do Sul.

LEIA MAIS:

No Instagram, Douglas brinca com ex-volante gremista: “Batia até na mãe”

Luan brilha na seleção olímpica e recebe elogios; veja o gol

Pelo lado azul, a preocupação rondou a Arena após os dois empates em 0x0 com times da zona do rebaixamento (América-MG e Santa Cruz). Com os dois insucessos e mais o adiamento do jogo contra o Botafogo, o Grêmio acabou deixando o G4 e caiu para o 6° lugar – o que deu ares de decisão para o duelo contra o Corinthians, no último domingo, na Arena.

Soberano em campo, o time de Roger Machado não tomou conhecimento do adversário e venceu com muita autoridade. Os 3×0 sobre o Timão foram construídos com gols de Pedro Rocha, Everton e Miller Bolaños, que ajudaram a dissipar a sombra que se sobrepunha ao ataque tricolor. Com a vitória, o Grêmio pulou para o 3° lugar com 35 pontos e mira de perto o líder Palmeiras, que tem 39, mas tem um jogo mais.

Tabela momentânea do G4:

1° – Palmeiras – 39 pontos – 20 jogos

2° – Santos – 36 jogos – 20 pontos

3° – Grêmio – 35 pontos – 19 jogos

4° – Atlético-MG – 35 pontos – 20 jogos

No Inter, nem mesmo o “choque de gestão” provocado pelos retornos dos dirigentes Fernando Carvalho e Ibsen Pinheiro, bem como a chegada de Celso Roth, apresentou um retorno imediato. Nesta segunda-feira, o Inter voltou a decepcionar os seus torcedores e perdeu por 1×0 para a Chapecoense, fora de casa, ampliando o jejum de vitórias para 12 jogos.

Nesta terça-feira, na mesma data em que comemora 10 anos da primeira Libertadores, o Inter também completa dois meses sem vitória. Foi no dia 16 de junho que o colorado bateu o Atlético-MG, em casa, por 2×0, em um momento que liderava o Brasileirão.

A falta de vitórias coloca o Inter na porta da zona do rebaixamento. Com mais um insucesso, o clube caiu para o 15° lugar, com 22 pontos, somente um a mais que o Figueirense, primeiro rebaixado em 17°, mas que tem um jogo a menos com relação ao Inter. Um novo resultado negativo contra o São Paulo, no domingo, deverá colocar, enfim, o colorado no Z4. O jogo está marcado para às 16h, no Beira-Rio.

Tabela do Inter e o Z4:

15° – Inter – 22 pontos – 20 jogos

16° – Coritiba – 22 pontos – 20 jogos

Z4

17° – Figueirense – 21 pontos – 19 jogos

18° – Cruzeiro – 20 pontos – 20 jogos

19° – Santa Cruz – 19 pontos – 20 jogos

20° – América-MG – 13 pontos – 20 jogos

 

 



Jornalista formado pela PUCRS em agosto de 2014. Dupla Gre-Nal.