Heróis de 2006 x Craques Colorados: veja os gols do jogo festivo

Libertadores
Foto: Divulgação/Inter

O Internacional reviveu um dos capítulos mais bonitos da sua história na noite desta terça-feira. Nos dez anos da conquista da primeira Libertadores, em 2006, os personagens daquela conquista se juntaram com outros ídolos da história do clube para um jogo festivo e repleto de gols. No placar geral, os Heróis de 2006 venceram os Craques Colorados por 6×3.

LEIA MAIS:

D’Alessandro volta a falar sobre o seu futuro em entrevista ao Olé

Tinga projeta jogo festivo e acalma colorados: “Time grande balança, mas não cai”

Cinco provas que Guga já era o “labrador humano” antes das Olimpíadas

A equipe de 2006 começou o jogo com Clemer; Bolívar, Índio e Fabiano Eller, Elder Granja, Wellington Monteiro, Tinga, Alex, Iarley e Jorge Wagner; Rentería. Na casamata, o mesmo comandante de 2006: Abel Braga. Já o time de craques, comandada por Celso Roth, foi com Marcelo Boeck; Nei, Pinga, Mauro Galvão e Kleber; Dunga, Magrão e Caíco; Fabiano, Nilson e Valdomiro.

Para os Heróis, marcaram Bolívar, Rentería, Enzo (filho de Fernandão), Tinga, Iarley e Adriano Gabiru. Valdomiro, Dadá e Jair descontaram para os craques. Um dos principais momentos do jogo foi a entrada de Enzo na partida. O filho de Fernandão joga nas categorias de base do clube e é tido como uma das promessas para o futuro. Nesta terça, rememorou a importância do pai – morto em acidente aéreo em 2014 – dentro de campo.

No final do jogo entre os Heróis de 2006 x Craques Colorados, os jogadores deram uma volta olímpica e cumprimentaram os torcedores, que puderam entrar no gramado assim que o jogo acabou. Também foi montado um palco no centro do campo para que uma “nova” entrega da taça da Libertadores de 2006 fosse feita.

Veja os gols de Heróis de 2006 x Craques Colorados

 

 

 

 



Jornalista formado pela PUCRS em agosto de 2014. Dupla Gre-Nal.