Inter precisará repetir feito do São Paulo para não ser rebaixado

Internacional x São Paulo
Foto: Divulgação/Site oficial do Internacional

Troca comissão técnica, troca diretoria, troca jogadores, mas só não troca o resultado. O novo Inter de Celso Roth e Fernando Carvalho repetiu os jogos anteriores e voltou a decepcionar a torcida nesta segunda-feira, 14. Já nos acréscimos do segundo tempo, o argentino Martinuccio fez o único gol do jogo na vitória da Chapecoense por 1×0 sobre a equipe colorada, que chegou à incrível marca de 12 jogos sem vencer no Brasileirão.

LEIA MAIS:

D’Alessandro volta a falar sobre o seu futuro em entrevista ao Olé

Tinga projeta jogo festivo e acalma colorados: “Time grande balança, mas não cai”

Cinco provas que Guga já era o “labrador humano” antes das Olimpíadas

O jejum de vitórias é preocupante, já que, segundo levantamento do site FutDados, apenas o São Paulo conseguiu evitar o rebaixamento ficando acima de 12 jogos sem vencer em uma edição do Brasileirão de pontos corridos. O feito dos paulistas ocorreu em 2013 sob comando de Muricy Ramalho, que ajudou a equipe a crescer na reta final e fez com que o clube terminasse em 9°.

No mais, todas as outras equipes que ficaram 12 ou mais jogos sem vencer no Brasileirão acabaram rebaixadas. No total, foram 9: Goiás, Fortaleza, Náutico, Guarani, América-MG, Figueirense, Náutico, São Caetano e América-MG. Confira o levantamento do FutDados, especializado e referência em estatísticas do futebol brasileiro:

Discurso de evolução

Com a derrota para a Chapecoense, o Inter caiu para o 15° lugar com 22 pontos, apenas um a mais que o primeiro rebaixado, o Figueirense, que tem um jogo a menos. O novo vice de futebol do Inter, Fernando Carvalho, viu evolução no Inter na derrota para os catarinenses.

“Vi evolução. Nosso time se compactou melhor defensivamente, não deu os espaços defensivos de alguns jogos atrás. Não criamos muitas chances de gol, assim como a Chapecoense também não. O Lomba fez uma defesa. Mas é um recomeço e agora vamos pensar no São Paulo, no próximo domingo, no qual a torcida colorada está convocada”, disse o dirigente.

Curiosamente, será contra o mesmo São Paulo – que serve de exemplo contra a queda – que o Inter volta a campo. No próximo domingo, os colorados recebem os paulistas a partir das 16h no Beira-Rio.



Jornalista formado pela PUCRS em agosto de 2014. Dupla Gre-Nal.