Lula cita filme “Esqueceram de Mim” para ironizar ausência nas Olimpíadas

Crédito da foto: Reprodução/ Twitter

 O ex-presidente Lula e Marisa Letícia Lula da Silva participaram nesta segunda (15), em Santo André (ABC Paulista) de um evento que homenageou os 10 anos da lei Maria da Penha no Brasil. Durante seu discurso, Lula deixou escapar em tom irônico e bem humorado, como se sentiu ao ficar de fora da abertura das Olimpíadas no Rio.

 Leia mais:

“Na abertura das Olimpíadas me senti como no filme “Esqueceram de Mim”. Me dei conta que não existiria Olimpíada no Brasil se não fosse eu”, disse o ex-presidente da República em meio a aplausos e risos.

Lula diz ainda que o Brasil derrotou outras cidades importantes do mundo. “Me dei conta de que nós derrotamos Madrid, Tóquio e Obama acompanhado da mulher que foram a Conpenhage para defender a candidatura de Chicago aos Jogos Olímpicos de 2016″, disse.

O ex-presidente ainda ressaltou como a delegação brasileira ao ver o presidente americano desembarcar e contou como foi para convencer os membros do Comitê Olímpico Internacional- COI sobre a escolha do Rio de Janeiro como sede das Olimpíadas de 2016.

” A gente tinha a melhor programação, a emoção, e tinha convicção do que seria o Brasil. Vamos ganhar na emoção”, argumentou.

Lula disse ter realizado um sonho da sua vida ao ouvir o nome do Rio de janeiro. “Quando aquele gringo falou Rio de Janeiro”,  Lula imitou o sotaque do porta-voz do COI e arrancou risos da plateia, “eu poderia morrer ali  que tava realizado o sonho da minha vida. Bom eu não fui mas o Obama também não foi”, ressaltou.

Lula ainda rebateu críticas sobre as Olimpíadas. “As Olimpíadas não é feita para acabar com a favela. Olimpíadas é um evento esportivo. Não é problema meu se não vamos ganhar medalha”, concluiu, referindo-se a participação do Brasil nos Jogos, em tom de brincadeira. Ouça.

 

 



Sou apaixonado por esportes e política. Escrever é minha paixão. A vida é muito intensa para ser editada em palavras!