Cuca admite que ofertas “mexeram” com jogadores do Palmeiras

Palmeiras
Cesar Greco/ Ag.Palmeiras / Divulgação

O Palmeiras teve uma péssima semana dentro campo. Foram duas derrotas seguidas no Brasileirão, para Atlético-MG e Botafogo, que fizeram o Verdão perder a liderança da competição depois de oito rodadas. Porém, um dos fatores que podem ter contribuído com a queda de desempenho foram as propostas recebidas pelo Verdão por alguns de seus jogadores de destaque.

LEIA MAIS:

MERCADO DA BOLA: VERDÃO CONFIRMA PROPOSTA RECEBIDA POR VITOR HUGO
FOGÃO 3 X 1 VERDÃO: VEJA OS GOLS DA PARTIDA

Foram os casos do zagueiro Vitor Hugo e do atacante Róger Guedes, que receberam ofertas de Fiorentina-ITA (R$ 25,4 milhões) e Spartak Moscou-RUS (R$ 28,9 milhões), respectivamente.

Isso é do ser humano. Os próprios comentaristas, que foram jogadores na maioria, já passaram por isso e têm condições de analisar. Sabe como funciona, a cabeça não liga e desliga. Fica um envolvimento. Cabe a nós mostrar o caminho, que já passou. Pode vir mais forte ainda na frente. Para que isso ocorra precisa ser ganhador“, disse o treinador do Palmeiras em entrevista coletiva, lembrando que o clube recusou as ofertas, mas que elas devem voltar mais fortes caso o time seja campeão no fim da temporada.

Além dos dois atletas, o atacante Gabriel Jesus, que está com a seleção brasileira para a disputa das Olimpíadas Rio 2016, também vem recebendo ofertas de clubes europeus e está bem próximo de ser anunciado como reforço do Manchester City-ING.

Hora de mudar atitude

O treinador do Palmeiras ainda deixou claro que espera por mudança de atitude dos jogadores a partir do jogo desta quinta-feira (4), contra a Chapecoense.

Não tem um motivo [para a queda de rendimento], se eu soubesse já ia trabalhar nisso. É hora do equilíbrio e mais do que isso da superação. É hora de fazer passar esse momento ruim o mais rápido possível. É raro um time não passar por isso, temos de fazer ser curto. Falamos disso com os jogadores, perdemos as duas últimas e podemos vencer as duas próximas apesar das dificuldades e terminar o primeiro turno na liderança. Para isso temos de ter uma mudança geral na atitude nos dois últimos jogos para todos melhorarem, inclusive eu“, completou Cuca.