Olimpíadas: Ágatha e Barbara vencem americanas e vão à final do vôlei de praia

Olimpíadas: Ágatha e Barbara vencem americanas e vão à final do vôlei de praia
Reprodução/Facebook

“Eram as favoritas e sabíamos que era preciso lutar contra tudo e contra todos. Sempre acreditamos, não era impossível”. Essas foram as palavra de Ágatha após a classificação para a grande final do vôlei de praia feminino. Ao lado de Barbara, as meninas não quiseram saber do favoritismo das americanas Walsh e Ross e venceram por 2 sets a 0.

LEIA MAIS:
VÔLEI FEMININO: CONFIRA OS CONFRONTOS DAS SEMIFINAIS

O favoritismo era todo das jogadoras dos Estados Unidos. Walsh, principal jogadora da dupla, nunca havia perdido um jogo no vôlei de praia olímpico. Não era para menos, já que a jogadora era a atual tricampeã olímpica, tendo mudado sua dupla para as Olimpíadas do Rio em busca do tetra.

Mas Ágatha e Barbara nada tinham a ver com isso. No jogo anterior, já haviam feito uma partida impecável contra as Russas Birlova e Evgenia Ukolova, e vinham embaladas em busca da final olímpica.

A partida começou como era de se esperar. Disputada ponto a ponto. As brasileiras abriram 8/5 ainda no primeiro set, mas as experientes americanas trataram de levar o placar para 9/9. Ao final do set, Walsh fez defesa espetacular e Ross finalizou, abrindo vantagem em 18/16.

Mas lembrando a partida anterior, em que viraram um primeiro set que parecia perdido, as brasileiras não só reagiram, como venceram. Igualaram o placar em 20/20 e, com muita técnica, finalizaram o jogo com um ace. 22/20 para as brasileiras.

As brasileiras se animaram. Ágatha e Barbara se revesavam entre excelentes defesas e fortes ataques, e com erros incomuns das americanas, logo abriram 6/2. Walsh e Ross tentaram reagir, mas não era suficiente. Os bloqueios de Ágatha frustravam as tentativas da dupla dos EUA. O final não pode ser outro. Vitória brasileira por 21/18, vaga na final, e mais uma medalha garantida para o Brasil.

A dupla brasileira enfrenta as alemãs Ludwig e Walkenhorst, responsáveis por eliminar as brasileiras Larissa e Talita, e acabar com o sonho de uma final verde e amarela. A grande final acontece nessa quarta-feira, dia 17, às 23h59.



Jornalista formado pela USCS, apaixonado por esportes, cultura e comunicação. Ex-atleta em atividade, pensa que sabe algo sobre futebol, handebol e esportes americanos.