Opinião: No boxe, Robson Conceição é ouro!

Foto: reprodução Twitter

Campanha perfeita! Robson Conceição foi senhor da luta desta noite no Pavilhão 6 do Riocentro e conseguiu a terceira medalha de ouro do Brasil na Rio 2016, superando por decisão unanime Soufiane Oumiha (França).

Com uma boa troca de golpes, esquiva e colocação no ringue, Robson obteve a primeira medalha de ouro na história do boxe, superando Esquiva Falcão (Londres 2012), que foi prata.

Na trajetória dourada, Conceição enfrentou Anvar Yunusov (Tadjiquistão), e venceu por nocaute técnico, já que o adversário não retornou para o segundo round. Depois, veio Hurshid Tojibaev (Uzbequistão), em que teve nova vitória por decisão unanime dos jurados.

A luta da semifinal foi contra Jorge Lazaro Alvares (Cuba) e ali, Conceição teve seu mais duro desafio, com o cubano sendo um duro rival para a chegada a decisão. No entanto, o brasileiro se impôs sobre o cubano e carimbou o passaporte para a decisão.

Nesta terça-feira (16), Conceição enfrentou o francês e desde o primeiro instante da luta soube se impor diante do rival, com alguns momentos de guarda baixa, mostrando confiança em seu boxe e com boa troca de golpes. Soufiane tentou partir para o tudo ou nada no round final. Porém, Robson soube administrar a luta e conquistou o primeiro ouro brasileiro no boxe.