Opinião: seleção masculina de futebol não pode repetir os fracassos nas Olimpíadas

Foto: Divulgação/Twitter Oficial CBF Futebol

A seleção olímpica de futebol masculino do Brasil enfrenta a Colômbia hoje (13), na Arena Corinthians, às 22h. O time de Neymar, Gabriel Jesus e Douglas Santos tem a dura missão de passar das quartas de final.

LEIA MAIS:
APESAR DE VITÓRIA, GALVÃO VOLTA A CONDENAR SILÊNCIO DE NEYMAR: ‘CAPITÃO NÃO FAZ ISSO’

A partir de hoje, a busca pelo ouro olímpico para a seleção brasileira toma rumos de “afunilamento”. Na fase anterior, o Brasil não teve vida fácil no seu grupo. Foram dois empates diante das seleções da África do Sul e do Iraque, só conseguindo uma vitória diante da Dinamarca. Somando cinco pontos e se classificando para a próxima fase.

O Brasil tem que se cuidar diante da seleção colombiana. São duas seleções sul-Americanas, onde tem um alto grau de ‘rivalidade’. Aliás, para o Brasil essa é uma fase muito complicada, pois a seleção costuma ter algumas surpresas no seu caminho. Em 2000, a amarelinha tinha um elenco recheados de craques, mas foram surpreendidos pela equipe de Camarões, perdendo na prorrogação por 2 a 1.

A seleção de Rogério Micale que abra o olhos diante de seus adversários, pois não existe nenhum “bobinho” no futebol. Todos chegaram até aqui em busca do mesmo sonho, mas nós estamos sonhando com essa medalha há muitos anos. Por vezes, os nossos sonhos acabaram em verdadeiros pesadelos. Está na hora de por a medalha de ouro no peito.