Treinador do Palmeiras fala sobre possibilidade de já substituir Vagner no gol

Palmeiras
Cesar Greco/Ag Palmeiras/Divulgação

O Palmeiras não poderá contar com seu goleiro titular provavelmente até o início da próxima temporada. Fernando Prass, que já era desfalque no time por ter sido convocado para a Olimpíada Rio 2016, acabou fraturando o cotovelo direito com a seleção brasileira e ficará longe dos gramados pelo menos até o fim desta temporada. O escolhido como seu substituto no Verdão foi Vagner., porém, em dois jogos, o goleiro já sofreu quatro gols, o time foi derrotado duas vezes e uma parte da torcida alviverde já começou a “cornetar” o atleta.

LEIA MAIS:

CUCA ADMITE QUE OFERTAS “MEXERAM” COM OS JOGADORES
MERCADO DA BOLA: CUCA PREVÊ REFORÇAR O VERDÃO COM ATLETAS DE “MERCADO EMERGENTE”
BOTAFOGO 3 X 1 VERDÃO: VEJA OS GOLS DA PARTIDA

Mesmo assim, Cuca não pensa em trocar seu arqueiro nas próximas partidas. Para justificar sua insistência, ele citou uma outro momento na carreira.

As coisas vão melhorando aos poucos. Já passei situações assim no futebol. O Botafogo em 2007, 2008 era líder, tinha vantagem e aconteceu de perder o goleiro. E aí eu mudei e coloquei outro goleiro. Depois coloquei outro. E fiquei sem nenhum. Se eu pudesse voltar, manteria o Júlio César, que não foi tão bem no começo, até o fim“, lembrou o técnico do Palmeiras em entrevista coletiva na Academia de Futebol nesta segunda-feira (1º).

O goleiro titular é o Vagner, não adianta colocar o Jailson na quinta-feira. Se falha, eu volto com Vagner? Perdemos tudo. O guri é bom e vai pegar confiança. Temos de ter a convicção e passar a tranquilidade que passei lá dentro“, completou Cuca, deixando claro que pressões externas não surtirão efeito em sua decisão.

Próximo jogo

O Palmeiras busca a reabilitação no Campeonato Brasileiro contra a Chapecoense na próxima quinta-feira (4), às 21h30 (horário de Brasília), na Arena Condá. O time paulista vem de duas derrotas seguidas e é atualmente o terceiro colocado na competição.