Olimpíadas: Veja fotos dos medalhistas brasileiros nos Jogos Rio 2016

Wander Roberto/Exemplus/COB - Martine Grael e Kahena Kunze (ouro) na vela (classe 49er FX)

Felipe Wu e Rafaela Silva conquistaram as primeiras medalhas do Brasil nas Olimpíadas Rio 2016 após vencerem finais no tiro esportivo e judô, respectivamente.

O atirador paulista Felipe Wu conquistou a primeira medalha do Brasil nos Jogos Olímpicos Rio 2016 no sábado (6). O atleta de 24 anos levou a prata na categoria pistola de ar 10m e volta a competir durante a semana no tiro de 50m. Esta foi a quarta medalha do esporte brasileiro em Olimpíadas, a primeira desde os Jogos da Antuérpia-1920.

Rafaela Silva brilhou no terceiro dia do judô nas Olimpíadas. A carioca superou na final Sumiya Dorjsuren, da Mongólia. Esta foi a 20ª medalha brasileira no esporte brasileiro, o que mais rendeu conquistas ao País. Rafaela é a quarta campeã olímpica, após as vitórias de Aurélio Miguel (Seul 1988), Rogério Sampaio (Barcelona 1992) e Sarah Menezes (Londres 2012).

Os judocas Mayra Aguiar e Rafael “Baby” Silva repetiram as conquistas de Londres 2012 e saíram da Arena Carioca com a medalha de bronze.

A ginástica artística alavancou o Brasil no quadro de medalhas com as conquistas de Arthur Zanetti (prata – Argolas), Diego Hypolito (prata – Solo) e Arthur Nory (bronze – Solo).

O baiano Isaquias Queiroz comprovou o favoritismo e conquistou a primeira medalha olímpica do Brasil na canoagem ao levar a prata na prova do C1 1.000m, a mais longa disputa individual na modalidade, e repetiu a dose com o bronze no C1 200m e outra prata no C2 1000m com Erlon Souza. As mulheres também voltaram a fazer história com outro resultado inédito: bronze de Poliana Okimoto na Maratona Aquática 10km.

Após passar em branco em Londres 2012, o atletismo brasileiro voltou ao pódio em grande estilo. Aos 22 anos, o jovem Thiago Braz se tornou campeão olímpico no Salto com Vara. A marca de 6,03m no Engenhão veio com bônus: recorde olímpico.

Martine Grael honrou a tradição da família. Filha do bicampeão olímpico Torben Grael, a jovem de Niterói conquistou a medalha de ouro ao lado da amiga Kahena Kunze.

O futebol aumentou a participação brasileira no quadro de medalhas, visto que seleção de Rogério Micale empatou com a Alemanha por 1 a 1 no Maracanã e conquistou o inédito ouro olímpico nos pênaltis após defesa do goleiro Weverton e última cobrança de Neymar. No mesmo dia, o atleta Maicon Siqueira se tornou o primeiro homem medalhista no taekwondo brasileiro ao garantir o bronze.

Para completar o recorde brasileiro em Olimpíadas, o sétimo ouro olímpico chegou após a vitória por 3 sets a 0 do time de Bernardinho diante da Itália no domingo (21) no Maracanãzinho.