RIO 2016: confira 10 medalhas de ouro facílimas de se prever

Os Jogos Olímpicos Rio 2016 começam em apenas três dias, mas existem alguns atletas tão superiores aos demais e com resultados apresentados tão expressivos que as medalhas douradas ficam fáceis de se prever. Você sabe quem são os superfavoritos ao ouro?

LEIA O GUIA TORCEDORES.COM ESPECIAL RIO 2016
ATLETISMO, BADMINTONBASQUETE MASCULINO, BASQUETE FEMININO, BOXECANOAGEM VELOCIDADECANOAGEM SLALOM, CICLISMO BMX, CICLISMO ESTRADA, CICLISMO MOUNTAIN BIKE, CICLISMO PISTA,  ESGRIMAFUTEBOL MASCULINOFUTEBOL FEMININO, GINÁSTICA ARTÍSTICA, GINÁSTICA RÍTMICA, GINÁSTICA DE TRAMPOLIM, GOLFEHANDEBOLHIPISMO, JUDÔ, LEVANTAMENTO DE PESO, LUTA, MARATONA AQUÁTICA, NADO SINCRONIZADO, NATAÇÃO, PENTATLO MODERNOPOLO AQUÁTICO, REMORUGBY DE SETE, SALTOS ORNAMENTAIS,TAEKWONDOTÊNISTÊNIS DE MESA,TIRO COM ARCOTIRO ESPORTIVO, TRIATLO, VELAVÔLEI FEMININO,  VÔLEI MASCULINOVÔLEI DE PRAIA

 

1.TEDDY RINNER – JUDÔ

teddy rinner favorito

Ídolo francês, octacampeão mundial, atual campeão olímpico, líder do ranking mundial e favorito absoluto ao ouro na categoria mais de 100 kg no jogos do Rio. Sem perder uma luta no individual há seis anos, Teddy Riner é unanimidade quando se procura o maior judoca da atualidade. Nascido em Les Abymes, o francês de 2,04 metros e 136 quilos de puro músculo, tem no Rio de Janeiro um palco especial em sua carreira. Foi na cidade olímpica que Teddy venceu o seu primeiro mundial sênior em 2007, título que se repetiu também em 2013. É realmente difícil imaginar um dos maiores astros das Olimpíadas de 2016 saindo sem o ouro no pescoço.

 

2 – KAORI ICHO – LUTA OLÍMPICA

Kaori Icho, of Japan, celebrates after defeating Petra Maarit Olli, of Finland, during a women痴 freestyle gold-medal match at the wrestling world championships Thursday, Sept. 10, 2015, in Las Vegas. (AP Photo/John Locher)

A japonesa de 33 anos da categoria até 58kg da Luta Olímpica é uma das maiores atletas da história do esporte. Apareceu ao mundo pela primeira vez ao mundo em 2002 ao conquistar seu primeiro título mundial com apenas 18 anos. De lá para cá, foram dez títulos mundiais para a japonesa que de quebra é tricampeã olímpica e que ficou sem perder uma luta por 13 anos, de 2003 até Janeiro de 2016. Apesar da derrota neste ano, Kaori segue sendo favoritíssima ao ouro no Rio de Janeiro.

 

3 – NATALIA ISCHENKO E SVETLANA ROMASHINA – NADO SINCRONIZADO

nat svet favoritos

O não banimento de toda a delegação russa privilegiou o fã do nado sincronizado de ver o espetáculo dentro d’água da dupla russa. As atuais campeãs mundiais e olímpicas russas não sabem o que é perder uma competição há tempos, O esporte é totalmente dominado pelo pais da vodca, que não sabe o que é perder uma edição de Jogos Olímpicos na prova do dueto desde 1992. Ischenko, de 26 anos, tem 16 títulos internacionais e sua parceira Svetlana, de 30 anos, tem 18 e devem conquistar o bi olímpico sem maiores dificuldades

 

4 –  ERIC MURRAY E HAMMISH BOND – REMO

eric bon favortios

A dupla de remadores da Nova Zelândia é simplesmente imbatível na categoria Dois Sem Timoneiro do Remo. Os dois são simplesmente heptacampeões mundiais, campeões olímpicos em Londres 2012 e não perdem uma prova sequer desde 2009. Se você estiver no Rio, pode ir vê-los de graça na Lagoa Rodrigo de Freitas comemorando o bicampeonato.

 

5- YANA KUDRYAVTSEVA – GINÁSTICA RÍTMICA

tana favorita

A Rússia tem o domínio total das duas provas da Ginástica Rítmica desde 1996. No individual, são quatro títulos consecutivos para as russas, sem adversárias capazes de superá-las. No Rio,Yana Kudyavtseva, de apenas 18 anos, chega como tricampeã mundial em 2015, 2014 e 2013 e só perde o ouro se uma catástrofe acontecer ou se sua compatriota Margarita Mamun estiver muito inspirada.

 

6- KATE LEDECKY -NATAÇÃO

katie ledecky favoritos

Phelps? Quem é Phelps? A medalha de ouro mais fácil de se prever na Natação pertence a norte-americana Katie Ledecky nos 800m nado livre. A nadadora entrou para história ao se tornar campeã olímpica em Londres 2012 nos 800m  com apenas 15 anos de idade. No Mundial do ano seguinte, em Barcelona, faturou cinco títulos e em 2015, mais cinco. Katie já soma mais de onze recordes mundiais na natação e termina suas provas muito à frente das rivais. A única briga que você verá na prova dos 800m é a dela com a linha de computação gráfica que projeta o seu próprio recorde mundial.

 

7- MO FARAH – ATLETISMO

mo farah favorito

O britânico nascido no Djibouti é, assim como Usain Bolt, um mito do atletismo. Enquanto Bolt domina as provas rápidas, Mo Farah domina as provas longas. O atual campeão olímpico dos 5000m e dos 10000m é ainda tricampeão mundial (2015, 2013 e 2011) nas duas provas e tem mais quatro títulos europeus na carreira. Se você for assisti-lo no Engenhão, com certeza verá o tradicional gesto de comemoração tradicional sob a cabeça (foto) sendo feito

 

8- SIMONE BILES – GINÁSTICA ARTÍSTICA

BILES SOLO

Com apenas 19 anos a americana Simone Biles já é a maior campeã em mundiais de ginástica artística da história. Com os quatro títulos conquistados em Glasgow ano passado, Simone chegou a dez medalhas de ouro e ultrapassou uma das maiores lendas da história da modalidade, a russa Svetlana Khorkina que detém nove ouros mundiais. Biles é a grande favorita a levar o ouro no Individual Geral, no solo e por equipes. Simone também deve brigar pelos ouros da trave e da prova de salto. Se conseguir conquistar as cinco medalhas, Simone terá grandes chances de sair do Rio como o maior nome das Olimpíadas de 2016.

 

9- MATT BELCHER E WILL RYAN – VELA

australia 470 vela

A dupla australiana da classe 470 da Vela é outra que chega com favoritismo absoluto no Rio de Janeiro. Atuais campeões olímpicos e tetra-campeões mundiais, Matt e Will são extremamente dominantes nas águas que navegam. Belcher tem em sua carreira mais dois títulos mundiais, totalizando seis no total. É provável que nem um sofá boiando na Baía de Guanabara consiga tirar o título dos australianos.

 

10 – USAIN BOLT – ATLETISMO

.bolt

É claro que não poderia faltar nesta lista o maior velocista de todos os tempos. Falar dos títulos de Bolt é chover no molhado, mas é sempre bom recordar: são quatro medalhas de ouro olímpicas  nas provas dos 100m e 200m metros rasos e 7 títulos mundiais entre 2009 e 2015.Neste período, o jamaicano só ficou fora do pódio uma vez quando queimou a largada dos 100m no Mundial de 2011. Neste ano, assustou a todos quando abandonou a prova da seletiva jamaicana. Bolt alega já estar bem. O ouro que deve vir mais facilmente é o dos 200m rasos. Nos 100m, não tem os melhores tempos registrados no ano, mas não dá para duvidar da capacidade deste monstro que pode se tornar o primeiro tricampeão olímpico nos 100 e 200m rasos.



Paulistano, 27 anos, deixou a publicidade e o marketing esportivo para ingressar no jornalismo e conseguir cobrir grandes eventos esportivos. Apaixonado por esportes olímpicos e futebol americano, sonha em estar no Rio de janeiro em 2016 para cobrir os Jogos Olímpicos in loco.