Ronaldinho Gaúcho cobra dívida de R$ 300 mil do Atlético-MG na justiça

Foto: Divulgação/ Site Oficial do Atlético-MG

Um dos maiores ídolos do Atlético-MG e campeão da Libertadores com o clube mineiro, o meia Ronaldinho foi à Justiça cobrar uma dívida do Galo com o jogador. Segundo o atleta o clube deve cerca de 300 mil reais por um atraso no pagamento de rescisão contratual.

LEIA MAIS

EX-SÃO PAULO, CALLERI É ANUNCIADO NO WEST HAM

SELEÇÃO BRASILEIRA SUB-20 É CONVOCADA PARA AMISTOSOS NA INGLATERRA

EXCLUSIVO: GOLEIRA SUECA ABRE O JOGO E FALA SOBRE DESIGUALDADE NO FUTEBOL

CARTOLA FC: 8 CARTOLEIROS QUE MANDARAM BEM NA 20ª RODADA E VIBRARAM NAS REDES SOCIAIS

O meia foi hoje em sua primeira audiência na 30ª Vara do Trabalho, no Barro Preto. Ronaldinho Gaúcho acusa o clube de não realizar o pagamento de uma dívida de 300 mil reais devido a um atraso no pagamento de rescisão contratual. Nesta audiência, jogador e clube não chegaram em nenhum acordo, sendo que haverá uma nova audiência para o dia 3 de novembro.

O Atlético discordou sobre a dívida e emitiu um notificado oficial por meio de sua assessoria de comunicação:

“Em relação à reclamatória trabalhista proposta por Ronaldinho, o Atlético esclarece que as partes divergem sobre o pagamento de uma multa postulada pelo ex-atleta e contestada pelo clube. Será objeto de julgamento na forma legal”

Ronaldinho Gaúcho encerrou seu vínculo com o Atlético no dia 28 de julho de 2014 depois de 2 anos vestindo a camisa alvinegra. De acordo com a petição, o Atlético deveria pagar duas parcelas mensais no valor de R$ 415.082,50 cada nos dias 25/08/2014 e 25/09/2014, sendo que depósito foi feito e efetivado somente em julho deste ano.