Técnico detona calendário do futebol brasileiro: “depois reclamam do 7 a 1”

Marquinhos Santos
Reprodyção/YouTube

O técnico do Fortaleza, Marquinhos Santos, criticou a sequência de jogos do Leão em um período curto de descanso. Após o empate por 2 a 2 com o Confiança-SE, pela 11ª rodada da Série C, Marquinhos detonou o calendário do futebol nacional. A informação é do portal globoesporte.com.

LEIA MAIS: 

BRASILEIRO SÉRIE C : BRUNO MINEIRO MARCA E PORTUGUESA VOLTA A VENCER.

O técnico insinuou que o vexame da seleção brasileira na Copa do Mundo de 2014 tenha sido também por causa do calendário complicado. “Depois reclamam do 7 a 1 da Alemanha. Os caras (jogadores) não são robôs. No futebol brasileiro, você viaja distâncias longas em curto espaço de tempo. E isso prejudica muita coisa: é a qualidade de jogo, jogadores que ficam machucados. Chega o momento que é pesado para todos”, afirmou Marquinhos.

Vindo de uma goleada aplicada no América-MG na última quarta-feira, Marquinhos negou que o Fortaleza tenha “tirado o pé” contra o Confiança. “Se o time tivesse relaxado, não iria atrás do gol. Então, não teve nada disso. É um grupo que tem jogado demais. Tem que se ter equilíbrio. O cansaço é um ponto importante para a gente ressaltar. E outra, foi uma rodada com surpresas, né? Teve muito empate. Então, é parabenizar os atletas pelo resultado que eles foram buscar”, disse o comandante.

O Fortaleza era favorito para o jogo contra o Confiança, mas acabou apenas empatando em casa. Marquinhos acredita que o estilo de jogo do adversário tenha dificultado as ações do Leão do Pici. “Sabíamos que o Roberto (Fernandes, técnico do Confiança) viria com a equipe  atrás da linha da bola, com a equipe compactada, marcando muito. Por isso, a opção pelo Pio e, depois, pelo Rodrigo Andrade, para a finalização de média e longa distância”, alegou o técnico.

A próxima partida do Fortaleza é novamente pela Série C, contra o América-RN, domingo (7), às 18h (de Brasília), na Arena Castelão.