Sem lutador do país no boxe, torcedores resolvem torcer para juiz brasileiro; assista

juiz
Foto: Reprodução

O Brasil levou o ouro no boxe nesta terça-feira após Robson Conceição bater o francês Sofiana Oumiha na categoria até 60kg. Logo depois, teve a disputa das semifinais da categoria meio-pesado, até 81kg, entre Teymur Mammadov, do Azerbaijão, e Adilbek Niyazymbetov, Cazaquistão. Porém o que chamou atenção foi os torcedores exaltando o juiz brasileiro Jones Kennedy Silva do Rosário, já que não tinha boxeadores do país no ringue.

LEIA MAIS
BRASILEIROS CANTAM ‘BRASÍLIA AMARELA’ PARA BOXEADOR QUE SE CHAMA ‘MINA’; ASSISTA
BRASILEIROS CRIAM MÚSICA PARA APOIAR JAPÃO NO FUTEBOL: “ÔH, VAMO POKEMON”; ASSISTA

O combate foi vencido por Niyazymbetov por 3 a 0, mas ninguém foi mais exaltado que Jones Kennedy. O comandante do duelo ganhou os adeptos, e a cada intervenção da luta que ele fazia os brasileiros na arquibancada do Pavilhão 6, do Rio Centro, exaltavam o árbitro e constantemente gritavam “juiz, juiz, juiz“, assim como também entoavam cânticos de “Rosário… Rosário…”.

Essa não é a primeira vez que brasileiros dão um jeitinho para torcer para alguém sem ter participante do Brasil em um evento. Na partida entre Japão x Suécia pelo futebol masculino, os japoneses receberam cânticos de apoio sendo exaltados como “Ôh, vamo Pokemon” e o boxeador equatoriano Mina recebeu a música “Pelados em Santos”, dos Mamonas Assassinas.

ASSISTA: 



Jornalista. Como todo torcedor também gosto de dar meus pitacos. Fã da seleção italiana, do Milan e do Arsenal.