Análise: O Internacional do sonho, realidade e frustração

três
Fonte: Ricardo Duarte/Site Oficial Internacional

Ocorreu hoje, dia 23, o sorteio que definiu as partidas das quartas de final da Copa do Brasil de 2016. Com a exceção do Juventude – que disputa a série C e briga pelo acesso para disputar a série B do próximo ano – o Internacional de Porto Alegre é a equipe que terá que ter maior atenção para não fazer o sonho virar frustração.

Sonho

A Copa do Brasil, como toda “Copa” é muito democrática e proporciona a todos envolvidos a possibilidade de vislumbrarem o título. Qualquer clube que disputa as semifinais de um campeonato/copa tem a expectativa de vencer, e com o colorado não será diferente. O Internacional buscará nesta competição o tão esperado título nacional que não ganha desde 1992, ano em que conquistou a Copa do Brasil vencendo na final o Fluminense no Rio de Janeiro. Evidente que o momento do colorado não é favorável, mas é obvio que o Inter apostará alto neste título.

Realidade

O Internacional com 34,6% de aproveitamento, com uma série de maus resultados e amargando a 17° colocação no Brasileirão, não poderia se dar ao luxo de dividir a sua atenção com outra coisa que não seja se livrar do rebaixamento para a Série B. O Inter que apesar de ter uma equipe titular média, não tem um elenco bom e com a conquista da vaga para as quartas de final viverá uma sequência de jogos difíceis e decisivos jogando simultaneamente duas competições. O colorado terá que ter muita disciplina para passar por esta sequência sem aumentar a insegurança e piorar o momento.

Frustração

Sem dúvida quem vive o sonho sem modelar a realidade não sai da utopia. O internacional tem que aproveitar as expectativas e emoções que uma disputa de mata-mata traz para poder sair e modificar esta situação. Porém, terá que tomar muito cuidado para que as expectativas e emoções que a Copa do Brasil traz não venham maquiar a situação e os riscos apresentados no Brasileirão.

Veja como ficou os confrontos das semifinais da Copa do Brasil:

Reprodução: Hector Rafael Gross
Reprodução: Hector Rafael Gross

*time de cima joga a segunda partida em casa.

 



Estudante de direito e colaborador dos sites: Torcedores.com e ONDDA.com.