Análise: Os líderes do Brasileirão e a importância de um excelente elenco

Palmeiras
Cesar Greco/Ag Palmeiras

No último final de semana se deu o fechamento da 27° rodada do Brasileirão 2016 e com isso ficou evidente a importância de ter um elenco, não apenas numeroso, mas também qualificado. Com um campeonato que atravessa o ano inteiro em um país continental, disputados simultaneamente outros campeonatos, não tem como querer beliscar o título em um campeonato de pontos corridos sem ter além de um time, um elenco que dê muitas opções de mudança e alterações de necessidade.

Para ilustrar bem esta questão o torcedores.com listou alguns exemplos:

Palmeiras e Coritiba – Estádio Allianz Parque

O líder do campeonato fazia um primeiro tempo pouco empolgante, necessitando da vitória para permanecer na liderança do Brasileirão, o treinador do Palmeiras promoveu a entrada do atacante Leandro Pereira na vaga de Erik. A mudança não demorou muito para trazer resultados, logo aos cinco minutos da segunda etapa, em uma bola alçada na área, o atacante que acabara de entrar divide a bola com o goleiro do Coxa e abre o placar para o time da casa. Este foi o primeiro gol da vitória por 2 a 1 em cima do Coritiba.

Flamengo e Cruzeiro – Estádio Kléber Andrade

O Rubro-Negro recebeu em Cariacica-ES o Cruzeiro e depois de um primeiro tempo muito movimentado viu o time mineiro abrir o placar na segunda etapa com um golaço do menino Rafinha, que recém tinha entrado na partida. Dois minutos após o gol, o técnico do Flamengo promoveu a entrada de Alan Patrick, fato fundamental para a decisão do jogo. Prestes a chegar à reta final da partida, o atacante Guerrero recebe de Alan Patrick e da entrada da área chuta forte, a bola desvia e vai parar no fundo da rede, marcando o gol de empate do Flamengo. Faltando 2 minutos para encerrar o tempo regulamentar Alan Patrick acha Mancuello – que também saiu do banco de reservas – sozinho na área e com uma bela finalização define o placar 2 a 1 para o Flamengo.

Atlético-MG e Internacional – Orto

O Galo Mineiro que é o 3° colocado no Brasileiro recebeu o Internacional que luta para sair da má fase. O time mineiro não demorou muito para mostrar a sua supremacia e a força do seu estádio e com apenas 28 minutos do primeiro tempo já tinha a vantagem de 2 a 0 no placar. O que parecia uma partida definida ganhou clima de tensão depois que o Inter de Porto alegre, com o menino Gustavo Ferrareis, dentro da área, empurrar a bola para as redes ainda no primeiro tempo. A partir daí a partida ficou franca e o placar só foi definido depois de uma tabela perfeitamente executada entre os dois argentinos que saíram do banco de reservas. Aos 35 minutos do segundo tempo o centroavante Lucas Pratto toca a bola para o meia Jesus Dátolo que faz uma bela parede e rola novamente para Pratto, que com dois toques coloca com extrema categoria a bola no ângulo esquerdo do goleiro Danilo Fernandes definiram o placar final por 3 a 1 para a equipe mineira.

Não por acaso os três exemplos citados acima correspondem aos três primeiros colocados na tabela do brasileirão, ficando evidente a necessidade de ter bons jogadores não apenas na equipe titular como também na reserva. O Brasileirão fecha as portas nesta semana e abre espaço para a Copa do Brasil e Copa Sul-Americana, voltando apenas no próximo final de semana com a 28° rodada.



Estudante de direito e colaborador dos sites: Torcedores.com e ONDDA.com.