Após derrota para o Sport, Dorival Júnior reclama de pênalti não marcado para o Santos

dorival jr
Foto: Getty Images

Na tarde/noite deste sábado, 24, o Santos foi derrotado pelo Sport na Ilha do Retiro, pelo placar de 1×0. Após o jogo, o técnico Dorival Júnior reclamou da atuação do árbitro Elmo Alves Resende Cunha, que segundo o comandante santista, influenciou no resultado ao não marcar um suposto pênalti para o Peixe.

LEIA MAIS:

DORIVAL JÚNIOR LAMENTA DERROTA, MAS VALORIZA ATUAÇÃO DO SANTOS: “CRIAMOS BOAS OPORTUNIDADES”

A penalidade reclamada teria acontecido em um lance envolvendo Jean Mota e um zagueiro do Sport. No lance, o goleiro Magrão espalmou um chute de Vitor Bueno e, no rebote, Ronaldo Alves afastou o perigo após bloquear um chute do meio campo da equipe paulista. De acordo com os santistas, a bola tocou no braço de Ronaldo.

Em sua entrevista coletiva, Dorival Júnior comentou o ocorrido e destacou que o árbitro estava bem posicionado e tinha condições de ver o toque na mão do jogador do time pernambucano.

“Não quero mais falar de arbitragem. Está terrível não poder falar sobre isso. São erros que influenciam no resultado. Prefiro ficar por aqui. Teve essa situação da penalidade, com o árbitro de frente para o lance.”

Com a derrota, o Santos permaneceu na zona de classificação para a Libertadores com 45 pontos e não pode ser ultrapassado por ninguém nesta rodada. No entanto, o Peixe pode ver sua diferença para o Atlético Mineiro aumentar.



Estudante do 9º semestre de jornalismo e amante dos esportes, principalmente o bom e velho futebol. Setorista de Atlético-MG e Futebol Feminino.