Após vitória, Cris Cyborg pede retorno de Ronda Rousey

Facebook oficial de Cris Cyborg

A vitória sobre Lina Lansberg no último sábado (24) pelo UFC Brasília foi a segunda de Cris Cyborg dentro do Ultimate. A paranaense ainda não sabe qual será o seu destino dentro da organização, mas o desejo de enfrentar a rival Ronda Rousey se tornou reaquecido após o triunfo em cima da sueca.

LEIA MAIS

TITE DIZ EM ENTREVISTA NA TV QUE JÁ TEM SUBSTITUTOS PARA MARCELO E CASEMIRO

CONFIRA TODOS OS RESULTADOS DAS LUTAS DO UFC BRASÍLIA

VÍDEO: ROY NELSON SE REVOLTA E CHUTA ÁRBITRO APÓS VITÓRIA NO UFC BRASÍLIA

Após a luta, em entrevista ao canal americano Fox Sports 1, a brasileira disse que espera pela volta de Rousey ao octógono. A americana, desde que perdeu seu cinturão feminino dos galos para Holly Holm no final de 2015, ainda está fora e ainda sem confirmação oficial de seu retorno.

“Quero a Ronda volte. Ela tem que falar ao mundo que quando você perde, não é o fim do mundo. Você não pode abrir mão. Volte para seus fãs e vamos lutar a luta que todos querem. Pelos fãs, pelo MMA feminino. Acho que todos querem essa luta. Seria incrível”. disse Cyborg.

Lutadora peso-pena e campeã desta categoria no Invicta FC, Cris Cyborg ainda não verá tão cedo sua faixa de peso adicionada ao Ultimate. E a possiblidade de realizar lutas em peso-combinado ainda existe, mas a brasileira só gostaria de fazê-lo contra lutadoras do ‘top 10’.

“Se eles quiserem que eu lute de novo nos 63,5kg, eu posso, mas só se for contra gente do Top 10. Nunca escolhi adversária, sempre pus as decisões nas mãos dele. Qualquer uma do top 10 dos galos que quiser lutar também nos 63,5kg, eu topo o sacrifício (de bater o peso), até grito por isso. E faremos uma luta incrível para os fãs. É isso que eles querem”, afirmou.

(Crédito da foto: Facebook oficial de Cris Cyborg)