Bauza esclarece polêmica com Barcelona após lesão de Messi

Reprodução/Instagram

Edgardo Bauza causou polêmica no mundo do futebol após a frase “Sempre nos mandam mensagens pedindo que cuidemos de Messi, mas eles não cuidam muito” se referindo ao Barcelona quando cede o jogador à seleção argentina.

LEIA MAIS: BARCELONA CONFIRMA LESÃO E MESSI É DESFALQUE POR TRÊS SEMANAS

Lionel Messi, teve lesão confirmada pelo clube catalão. O craque argentino sofreu uma ruptura do músculo da coxa direita na partida contra o Atlético de Madrid e ficará longe dos gramados por cerca de três semanas. Assim, ficará fora dos dois jogos da Argentina pelas Eliminatórias da Copa do Mundo contra Peru e Paraguai.

Após a declaração do treinador argentino, a imprensa espanhola não deixou passar em branco e a frase teve efeito negativo no clube. Na manhã desta sexta-feira (23), Bauza deu entrevista ao jornal catalão Sport, para amenizar a polêmica.

“Quero esclarecer que não briga com o Barcelona. Muito pelo contrário. Queremos trabalhar com eles para o bem do jogador, que não é qualquer jogador. O que disse foi em um contexto que não foi dito nas notas dos jornalistas. É responsabilidade de todos cuidar do Messi.” Disse Paton Bauza.

O treinador argentino lembrou que atendeu ao pedido do Barcelona quando pediu liberação do craque para jogo contra a Venezuela. Messi voltava de uma lesão no púbis e precisava de alguns dias para recuperação.

“O Barcelona me ligou para pedir que liberássemos Messi de jogar contra a Venezuela e que voltasse o quanto antes para o clube para continuar a recuperação de dores no púbis. Compreendemos que era o melhor para Messi e para seu clube e aceitamos.” Explicou o treinador.

Bauza encerou justificando sua declaração que tanto o clube quanto a seleção precisam do jogador e que agora é o momento de se unir e voltar a atenção ao craque para que se recupere logo.

“Nós não podemos e não queremos interferir no planejamento do Barcelona e entendemos as necessidades do clube de contar com o jogador. Por isso que disse, para que eles tomem consciência e nos ajude a cuidar, proteger o Messi, para que o Barcelona e a seleção possam desfrutar do jogador.” Encerrou.