Brasileirão: veja como fica a situação dos times que fogem do rebaixamento

Atlético PR x Cruzeiro
Foto: Arte/ CBF

A 11 rodadas do fim do Campeonato Brasileiro, a competição fica ainda mais acirrada. Enquanto o G-4 já está um pouco mais “acomodado”, a zona de rebaixamento ainda é uma caixa de surpresas.

LEIA MAIS:
BRASILEIRÃO: Veja como fica a situação dos times que fogem do rebaixamento
ÚLTIMOS SEIS GOLS SOFRIDOS PELO SÃO PAULO NO BRASILEIRÃO FORAM DE BOLA PARADA

O América-MG, lanterna do campeonato com 21 pontos, está a 10 pontos de diferença do primeiro clube fora da zona, o Figueirense.

O Coelho, que precisaria vencer 4 dos próximos 11 jogos e torcer para uma incrível combinação de resultados dos adversários, já amarga as grandes chances de rebaixamento. Não muito diferente é a situação do Santa Cruz, 19º colocado com 23 pontos.

18º na tabela, o Internacional é um dos clubes em situação mais vulnerável. O colorado vêm de 5 derrotas seguidas e aumenta as possibilidades de, pela primeira vez na história do clube, ser rebaixado para a 2º divisão; no entanto, a diferença para o Figueirense, 16º, é de apenas 4 pontos.

Se nada ainda está definido para as últimas posições da tabela, do 12º segundo ao 17º colocado, que tem diferença de 4 pontos, as coisas estão  ainda mais incertas.

São Paulo, Sport, Coritiba, Vitória, Figueirense e Cruzeiro (12º a 17º) estão na corrida para fugir do rebaixamento. As equipes se assemelham em oscilações de resultados e aproveitamento na disputa.

As próximas rodadas do campeonato ainda reservam alguns confrontos diretos na parte de baixo da tabela, esperança, torcida e muita matemática.