3ª divisão do Campeonato Carioca terá time de refugiados haitianos

refugiados
Foto: Divulgação

Time do Pérolas Negras, composto por refugiados e que já participou da Copa São Paulo de Futebol Júnior, agora terá a possibilidade de disputar o Campeonato Carioca.

LEIA MAIS:
Veja detalhes da parceria do Vasco com empresa de escola de idiomas

O time, que é composto por cidadãos refugiados do Haiti, foi incluído no quadro de filiados da  Federação de Futebol do estado do Rio de Janeiro, e com essa licença, está habilitado a jogar  terceiro divisão do estadual carioca já a partir de 2017.

Pérolas Negras, hoje em dia, é mantida pela ONG Viva Rio e disputa campeonatos com suas categorias de base, como sub-13, sub-15 e sub-18. Este ano, foi convidada a disputar a Copa São Paulo de Futebol Júnior, onde não somou nenhum ponto e ficou em último lugar do grupo 28, e teve como adversários São Caetano, América-MG e Juventus-SP.

Um fato importante, é que a FERJ não vai considerar os haitianos como atletas estrangeiros durante a competição, para não impossibilitar o projeto.

A ONG Viva Rio sobrevive através de doações, e esse mesmo ano fez uma campanha, apadrinhada pelo apresentador global Luciano Huck, com intuito de arrecadar dinheiro para construção de um Centro de Treinamento para o time, mas infelizmente, o dinheiro não foi suficiente.