CBF anuncia mudanças na Comissão de Arbitragem

Brasileirão
Divulgação/CBF

A arbitragem no Brasil já novo comandante em breve. A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) anunciou nesta terça-feira (27) que o Coronel Marcos Marinho, ex-chefe dos árbitros da Federação Paulista de Futebol (FPF) assumirá a vaga de Sérgio Corrêa. De acordo com o blog Bastidores FC, do Globoesporte.com, Sérgio Corrêa está prestes a deixar a chefia da Comissão de Arbitragem da Confederação Brasileira de Futebol (CBF).

LEIA MAIS

APÓS ESCÂNDALO DE SUBORNO E UMA PARTIDA NO COMANDO, SAM ALLARDYCE É DEMITIDO DA SELEÇÃO INGLESA

ÍDOLOS SANTISTA COMENTAM SOBRE O LIVRO QUE CONTA OS 100 ANOS DA VILA BELMIRO

CONMEBOL ANUNCIA QUE LIBERTADORES EM 2017 TERÁ FINAL ÚNICA E EM CAMPO NEUTRO

A notícia da troca de comando da arbitragem nacional foi inicialmente publicada pelo blog Bastidores FC, do Globoesporte.com. Além de Marinho, a nova comissão técnica terá os ex-árbitros Cláudio Vinícius Cerdeira e Alício Pena Júnior e a ex-auxiliar Ana Paula de Oliveira como membros.

Coronel Marinho estava fora da chefia de arbitragem de São Paulo, que exerceu durante os anos de 2005 e 2016, depois de ter escalado Flávio Rodrigues Guerra para apitar uma partida da Copa São Paulo de Futebol Júnior, mesmo com este suspenso.

Chefe da arbitragem brasileira em duas passagens, a segunda delas iniciada em 2014, Sérgio Corrêa vinha recebendo críticas de dirigentes de clubes por causa de erros dos árbitros em partidas do Campeonato Brasileiro. De acordo com o Lance, times como o Santos e o Atlético-MG já havia pedido a saída do dirigente.

O futuro ex-comandante da Comissão de Arbitragem será remanejado para cuidar do projeto da arbitragem de vídeo da CBF, ao lado de Manoel Serapião.