Cinco documentários sobre esportistas para ver na Netflix

Foto: Divugação

No final de semana, entre os jogos do Brasileirão, as partidas do futebol internacional, a rodada da NFL, sempre sobra um tempo para ver aquela série ou filme. Mas dessa vez, esqueça a caçada a Pablo Escobar em “Narcos”, ou a procura ao garoto Will Byers em “Stranger Things”. O Torcedores.com fez uma lista com cinco documentários sobre esportistas de modalidades e personalidades diferentes disponíveis na Netflix. De Maradona a Ayrton Senna, de Muhammad Ali a Allen Iverson.

LEIA MAIS
Garoto peruano que vive Guerrero no cinema se encanta com a sede do Flamengo

Confira:

Maradona por Kusturica 

Diego Armando Maradona, considerado um dos maiores jogadores de futebol de todos os tempos, ganha um retrato íntimo filmado pelo diretor iugoslavo Emir Kusturica, grande fã de futebol e do craque.

Senna

A trajetória de Ayrton Senna, herói brasileiro, tricampeão mundial de Fórmula 1 e um dos maiores pilotos da história da categoria, contada desde a ascensão no automobilismo até sua morte em pleno GP de San Marino, em 1994, passando pela rivalidade com Alain Prost e os problemas enfrentados nos bastidores da Fórmula 1.

Encarando Ali

A vida e carreira de Muhammad Ali. Lutador, celebridade, para-raio político e homem. Dez boxeadores que lutaram com ele falam sobre a experiência de estar no ringue com um dos maiores esportistas de todos os tempos. 

Iverson

Este documentário sem cortes acompanha a vida difícil e a carreira de grande sucesso de Allen Iverson, um ícone da NBA que marcou o basquete para sempre.

O time de 92 

O documentário conta a ascensão meteórica de seis meninos que conseguem entrar no time de base e depois participam dos anos dourados do time principal do Manchester United, conquistando uma histórica tríplice coroa e mantendo a amizade com o passar dos anos. O Time de 92 traz David Beckham, Ryan Giggs, Gary Neville, Phil Neville, Nicky Butt e Paul Scholes de volta juntos para contar a história e partilhar suas memórias.



Das ruas ao Maracanã. Dos campos de terra aos gols de caixote. Futebol é nossa religião. Jornalista, 22 anos. Tatuí l SP.