Com a volta dos estrangeiros, Roth encaminha Inter para pegar o Santos

Inter
Créditos: Ricardo Duarte / Divulgação Internacional

Mergulhado na zona do rebaixamento no Brasileirão, o Inter dá um tempo no nacional para voltar suas atenções à Copa do Brasil. Nesta quarta-feira, às 19h30, o time gaúcho visita o Santos, na Vila Belmiro, para o jogo de ida da fase de quartas de final. Mas, de acordo com o treinamento da manhã desta terça-feira, muitas mudanças marcarão a equipe de Roth que jogará contra o Peixe.

As primeiras alterações mais significativas foram as voltas dos estrangeiros Luis Seijas e Nico López, que vinham sendo mantidos como reservas por Roth nas últimas rodadas do Brasileirão. Além deles, uma novidade deverá compor o sistema defensivo no jogo da Copa do Brasil. O jovem uruguaio Rak foi testado na lateral-direita e poderá fazer a sua estreia no time principal do Inter.

Desta forma, o colorado terá apenas três jogadores da equipe titular que perdeu por 3×1 contra o Atlético-MG, no último domingo, no Independência, em Belo Horizonte: Danilo Fernandes, Ernando e Fernando Bob. Atletas como William, Paulão, Alex, Gustavo Ferrareis, Eduardo Sasha e Aylon nem viajam e ficam de fora dos relacionados.

Seguindo o que foi trabalhado nesta terça-feira, o Inter vai a campo contra o Santos na Vila Belmiro com Danilo Fernandes; Rak, Eduardo, Ernando e Artur; Fernando Bob, Fabinho, Eduardo Henrique, Seijas e Valdívia; Nico López. Marcelo Lomba e Anselmo, que já atuaram na Copa do Brasil por outros clubes, também estão fora da viagem.

Pichações e ameaças

Os protestos da torcida colorada seguem atingindo os jogadores e a diretoria do Inter. No treinamento da tarde desta segunda, um torcedor ateou fogo no matagal ao lado do CT e gritos de ordem contra o elenco foram ouvidos. Antes disso, o portão da casa de Newton Drummond, o Chumbinho, diretor-executivo, foi pichada com a seguinte mensagem: “Sem B ou morte”.

A mesma mensagem foi deixada na noite de ontem na entrada do prédio que abriga o escritório de Fernando Carvalho, vice de futebol do clube. Ele amenizou a situação nesta terça: “Eu nem me detive. Nem me preocupei, mesmo que tenha que me preocupar. Eu estou com a cabeça aqui no Inter”.

Com 27 pontos e no 18° lugar do Brasileirão, o Inter aposta todas as suas fichas nas duas próximas rodadas. No próximo sábado recebe o Figueirense e na outra quinta-feira o Coritiba, dois rivais diretos na briga contra o rebaixamento. A diretoria faz promoção de ingressos para os jogos.



Jornalista formado pela PUCRS em agosto de 2014. Dupla Gre-Nal.