Comentarista do SporTV defende o ‘Cucabol’ e vê preconceito em críticas

Cucabol
Fábio Menotti / Ag.Palmeiras / Divulgação

O comentarista da SporTV, Wagner Vilaron, defendeu o técnico Cuca e seu estilo de jogo, apelidado de “Cucabol”, por Mauro Cezar Pereira, da ESPN. Nesta segunda-feira (26), o jornalista elogiou o trabalho do comandante alviverde, afirmando que as críticas direcionadas a seu trabalho chegavam a ser preconceituosas e sem motivo, lembrando da situação vivida por Muricy, quando levou o São Paulo aos três títulos seguidos do Campeonato Brasileiro.

LEIA MAIS

Jesus fica no Verdão? Veja as principais notícias do Palmeiras nesta segunda!

“Existe um certo preconceito, há muito tempo. O Muricy sofreu isso. Era o “muricybol”, aquela história toda, que se joga bola na área, mas as pessoas usam esse tipo de comentário para desmerecer”, disse durante o programa Seleção SporTV.

“Você não consegue montar um time, você usa o “chuveirinho”. Em alguns casos, isso deve ter ocorrido. Mas acho uma crueldade atribuir o jeito de jogar do Palmeiras hoje esse tipo de análise. O grande mérito de um treinador de futebol é saber tirar o melhor de cada um dos seus jogadores”, finalizou.

Vilaron ainda explicou que, especificamente no primeiro turno, o Palmeiras do “Cucabol” tinha como característica a marcação forte e gols rápidos, antes dos 15 minutos de partida. Para o comentarista, o Verdão deve aproveitar as armas que possuí.

“É sempre um futebol de velocidade, de toques rápidos e outra: com esse aproveitamento, com capacidade da dupla de zaga em cabecear, como saltam, como se posicionam, tem mais é que aproveitar esse tipo de jogada mesmo”, afirmou.