Confira os motivos que explicam a renovação de Zé Roberto com a Seleção Feminina de Vôlei

Foto: Reprodução site Oficial FIVB

O técnico José Roberto Guimarães foi confirmado pela Confederação Brasileira de Vôlei, CBV, por mais um ciclo olímpico com a Seleção Feminina de Vôlei. O treinador  está à frente da equipe desde 2003, e tem em seu currículo uma série de títulos com a camisa do Brasil. O bicampeão olímpico foi derrotado na quartas de final dos Jogos Olímpicos terá a missão de renovar o elenco para a disputa em Tóquio em 2020.

Veja alguns motivos que fizeram a diferença para a permanência do treinador:

Renovação

José Roberto será responsável por muitas mudanças na seleção feminina já para as próximas competições. Com as saídas de Sheilla e Fabiana, o treinador terá que encontrar novas jogadoras que assumam a responsabilidade de liderar o time e servir como espelho para as novas convocadas.

Mundial

O único título que falta na galeria do treinador, o torneio  que será realizado no Japão em 2018 será o primeiro grande teste da fase de transição da seleção feminina de vôlei.  Sobre o comando do treinador a equipe ficou duas vezes com o vice-campeonato e um terceiro lugar na última edição realizada na Itália.

Desafio do quarto ouro olímpico

Principal favorito no torneio feminino de vôlei nas Olimpíadas no Rio de Janeiro, a seleção acabou derrotada para a China ainda nas quartas de final, no ginásio do Maracanãzinho.

Família

Zé Roberto sempre deixou evidente que a família pesaria no processo de renovação com a seleção brasileira. As cenas com o neto depois da partida diante da China mexeram com o comandante e fizeram ele se isolar para repensar a permanecia no cargo e muito provavelmente o apoio dos familiares foi necessário nesta etapa de renovação.

Torcedor

Ao longo destes 14 anos no comando da seleção feminina de vôlei, o treinador tem grande identificação com os torcedores brasileiro. Muito requisitado após as partidas par conceder autógrafos o técnico é quase unanimidade para comandar a equipe neste processo.

Foto: Reprodução site Oficial FIVB