Cuca e atacante discutiram no vestiário do Palmeiras após opção por Leandro Pereira, diz Rádio

Palmeiras
Foto: Cesar Greco/ Ag. Palmeiras/Divulgação

O Palmeiras venceu o Coritiba no último sábado por 2 a 1, no Allianz Parque, e com o resultado conseguiu manter a liderança do Campeonato Brasileiro. O placar começou a ser construído apenas no início do segundo tempo, com o atacante Leandro Pereira, que havia acabo de entrar. Mas segundo informações da Rádio Transmérica, a substituição não agradou outro concorrente pela vaga.

De acordo com a Rádio, Lucas Barrios e Rafael Marques, que foram chamados para se aquecer no túnel dos vestiários durante o primeiro tempo, não gostaram da alteração do Cuca, que optou por colocar Leandro Pereira, que nem havia se aquecido.

Rafael Marques, mais irritado com a situação, chegou a discutir com Cuca durante o intervalo,  o clima ficou ruim no vestiário e levou um tempo até que os ânimos fossem acalmados. Segundo o repórter André Galvão, esse seria o real motivo da demora de Cuca para coletiva – o técnico justificou que estava tomando remédios para gripe.

Apesar dos jogadores do Palmeiras estarem unidos e com o grupo fechado pelo título Brasileirão, parece que muitos deles não são melhores amigos do técnico Cuca.

No sábado, durante sua coletiva, Cuca tentou explicar a a “substituição da substituição”. “Hoje era um jogo para o Barrios entrar. Até falei: ‘você vai entrar’, mas depois acabei mudando de ideia. (Qual o motivo?) Ah, sei lá… era o Barrios que vinha, daí lá dentro virou o Leandro e deu certo. Não importa se o gol foi do Barrios, do Leandro Pereira, foi gol do Palmeiras né, mais uma intuição, fruto do trabalho que temos com a comissão técnica”, afirmou Cuca, arrancando gargalhada da imprensa na sala de coletivas.