Dana White critica atitude de Roy Nelson com juiz no UFC Brasília

Reprodução/Twitter

O chute de Roy Nelson em ‘Big’ John McCarthy após a luta contra Antônio Pezão no UFC Brasília, sábado (24) foi um dos momentos mais inusitados do ano no MMA. Para o chefão do UFC, Dana White, a atitude pós-combate do ‘Big Country’ não foi das melhores.

LEIA MAIS

ALDO AMEAÇA MCGREGOR APÓS SER DEIXADO DE LADO PELO UFC

CONFIRMADO: UFC 205 TERÁ MCGREGOR E ALVAREZ COMO LUTA PRINCIPAL

Após nocautear o brasileiro, Nelson mostrou irritação com o fato de McCarthy ter demorado para parar a luta e deu um chute no árbitro, além de um gesto obsceno. Em entrevista ao podcast UFC Unfiltered, o presidente da organização viu o fato como ‘lamentável’ e até disse esperar que o americano seja punido pelo ato.

“Isso (o chute) não tem desculpa. Não dá para pedir desculpas. Você nunca pode botar as mãos ou os pés no árbitro. Seja pelo motivo que for, isso não se faz. Ele quis empurrar Big John, mostrou o dedo e o xingou. Se você quiser xingar o árbitro, tudo bem, mas não pode encostar nele”, declarou White segundo o Uol Esporte.

“Não vi o que está acontecendo, porque estou viajando muito. Mas se a Comissão Brasileira (CABMMA) não fizer nada, será algo péssimo. Independente das circunstâncias, você não pode tocar o árbitro, Big John está no ramo há muito tempo, mais do que Roy Nelson e ele estava naquele momento atendendo a Pezão, Foi algo desprezível, nojento e que não pode acontecer”, prosseguiu.

Após a luta, Nelson se desculpou pelo ato com a torcida, justificando a irritação com a interrupção que julgou demorada. O UFC não anunciou nenhuma atitude a ser tomada com o lutador sobre a agressão ao árbitro.

(Crédito da foto: Reprodução/Twitter)