Diego explica opção na volta ao Brasil: “Sempre quis jogar no Flamengo”

Flamengo
Crédito da imagem: Gilvan de Souza / Flamengo

Repatriado após 12 anos atuando na Europa, Diego explicou como foi o processo de volta ao Brasil para atuar no Flamengo. Em participação no programa “Bem, Amigos”, do SporTV, o meia do Mengão revelou que sempre teve o sonho de defender o clube rubro-negro e que teve também propostas de outros clubes.

LEIA MAIS:

PALMEIRAS VENCE CONCORRÊNCIA COM VASCO E FLA E CONTRATA REVELAÇÃO CARIOCA
DIEGO ADMITE DECEPÇÃO POR TER SIDO SUBSTITUÍDO CONTRA O PALMEIRAS

Diego estava no Fenerbahçe, da Turquia, e foi contratado em julho deste ano pelo Flamengo, clube com o qual assinou contrato até a metade de 2019.

Eu avaliei as possibilidades. Sempre fui muito feliz na Europa. Assinei por três anos com o Fenerbahçe, mas sempre tive essa vontade de jogar no Flamengo“, disse Diego.

Depois de dois anos no Fenerbahçe, o Flamengo mais uma vez me procurou. Surgiram outras propostas, mas não de clubes que me atraiam. O Fenerbahçe até facilitou minha saída“, continuou o camisa 35 do Flamengo, que ainda citou os problemas políticos que estavam ocorrendo na Turquia, além do desgaste pela falta de resultados no ex-clube para voltar ao Brasil.

A crise politica assustou minha família. A sensação é que a crise estava cada vez mais perto da gente. Houve ainda um desgaste no clube pela falta de resultados nos dois anos. Disse ao dirigentes do Fenerbahçe que a mim interessava e disse que queria vir para o Flamengo e eles acabaram me liberando“, completou Diego.

Interesse rubro-negro é antigo

O contato para finalmente acertar com o time carioca não foi o único feito pela direção rubro-negra com o jogador de 31 anos. “Já tive outros contatos com o Flamengo, chegamos até a conversar pessoalmente. Mas desta vez foi diferente, foi tudo mais natural e deu certo”, finalizou o atleta, que disputou oito partidas até o momento pelo Flamengo e marcou três gols.