Flamengo: Diego admite decepção por ter sido substituído contra o Palmeiras

Foto: Gilvan de Souza/Flamengo

A grande fase que o Flamengo vive no Campeonato Brasileiro passa também pela chegada do meia Diego, contratado do Fenerbahçe, da Turquia. O jogador de 31 anos, principal contratação do Mengão nesta temporada, entretanto, quase “estourou” quando foi substituído ainda na primeira etapa do principal jogo da equipe carioca no Brasileirão, contra o Palmeiras, no Allianz Parque.

LEIA MAIS:

VEJA QUANTO OS JOGADORES DO MENGÃO GANHAM DE “BICHO” A CADA VITÓRIA
PALMEIRAS VENCE CONCORRÊNCIA COM VASCO E FLA E CONTRATA REVELAÇÃO CARIOCA

A partida era considerada uma “final” e Diego foi o escolhido pelo técnico Zé Ricardo para deixar o duelo após a expulsão do volante Márcio Araújo, para a entrada de Cuéllar.

Naquele momento, a decepção foi muito grande, quando subiu a placa. Era o jogo, até então, mais importante da temporada para todos nós. Passaram muitas coisas na minha cabeça. Mas veio muito forte o espírito de equipe. Eu aprendi muito, mas às vezes reajo de uma forma que não é a adequada. Passaram muitas coisas na minha cabeça. Mas veio muito forte o espírito de equipe. Eu aprendi muito, mas às vezes reajo de uma forma que não é a adequada“, explicou o jogador do Flamengo. “Aquele era o grande jogo do ano para a gente“, completou.

Apesar da vontade de reclamar por sair da equipe, Diego preferiu exaltar a união do time e conseguiu se segurar.

Hoje faço parte disso, e o grande destaque são todos os jogadores, o grupo. Não vai partir de mim nada para atrapalhar todo esse ambiente. Eu fui para o banco, mas estava nervoso, decepcionado. Depois, conversei com o Zé, mas com muito respeito. Ele tem que tomar essa decisão. Foi a decisão certa, funcionou“, continuou o camisa 35 do Flamengo.

Foi um teste para mim e fiquei muito feliz de ter conseguido me controlar, não foi fácil“, finalizou o craque ex-Santos ao comentar sua reação tranquila ao deixar o campo.