Flamengo tem quatro titulares pendurados contra o Cruzeiro; veja lista

Gilvan de Souza/Flamengo

Em busca da liderança do Campeonato Brasileiro, o Flamengo encara o Cruzeiro, no próximo domingo, em Cariacica (ES). Só os três pontos interessam ao elenco de Zé Ricardo para tentar ultrapassar o primeiro colocado Palmeiras. Para essa rodada decisiva, o treinador rubro-negro está preocupado para o número de jogadores pendurados com dois cartões amarelos.

LEIA TAMBÉM:
Recordar é viver: veja o ANTES e DEPOIS de 15 ídolos da história do Flamengo
Opinião: Sheik mostrou que Flamengo tem elenco mais equilibrado que Palmeiras de Barrios
Time reserva do Flamengo vale mais que quase toda Copa Sul-Americana; confira
Jorge deixa assédio da Europa de lado e quer se concentrar no Flamengo

Do time que vem sendo escalado por Zé Ricardo nos últimos jogos, o Flamengo conta com cinco atletas com dois amarelos: o zagueiro Rafael Vaz, os laterais Pará e Jorge e os atacantes Éverton e Leandro Damião. É exatamente a mesma lista que entrou em campo, no último final de semana, contra o Figueirense e todos se comportaram no quesito disciplinar.

Se considerarmos que Damião não será mais titular, por estar fora do jogo contra a Raposa por um edema no adutor da coxa esquerda, o Flamengo terá, então, QUATRO jogadores titulares pendurados. No banco de reservas, a conta aumenta já que o argentino Mancuello também tem dois cartões amarelos.

O Flamengo está na vice-liderança do Brasileirão com 50 pontos, um a menos que o Palmeiras. Enquanto o Rubro-Negro recebe, como mandante, o Cruzeiro no domingo às 16h, o Verdão joga um dia antes no Allianz Parque contra o Coritiba no mesmo horário.

As informações desta matérias podem valer dinheiro no Sporaga! Neste fantasy game de futebol, você pode montar times virtuais e participar de disputas em jogos pré-determinados. A pontuação é baseada no desempenho dos jogadores no mundo real. Faça seu cadastro e use o código promocional "Torcedores" para poder começar a apostar sem gastar nada e já ter a chance de ganhar.



Esportista de hobby, mas jornalista de profissão. Trabalhou como repórter do O Estado de S. Paulo, Revista TÊNIS. Tênis Virtual e CurtaTÊNIS em coberturas nacionais e internacionais de grandes eventos.