Jesus é acusado de criticar Paulo Nobre; jogador nega

Gabriel jesus
Foto: César Greco / Palmeiras / Divulgação

O Palmeiras já sabe que não poderá contar com o atacante Gabriel Jesus para a próxima temporada. Negociado com o Manchester City, da Inglaterra, o jogador só disputará o Campeonato Brasileiro e a Copa do Brasil pelo Verdão antes de se transferir para o time de Guardiola.

LEIA MAIS:
FOTOS: CONHEÇA A SUPOSTA NOVA NAMORADA DE CRISTIANO RONALDO
VEJA COMO CUCA MANTÉM O TIME DO PALMEIRAS FOCADO NA LIDERANÇA
VÍDEO: GAROTO DE 8 ANOS SE TORNA FENÔMENO DO RUGBY; CONFIRA
VÍDEO: VALE O PUSKÁS? ZAGUEIRO DO ABC FAZ GOLAÇO NA SÉRIE C; CONFIRA
SPORTV BATEU RECORDE DE AUDIÊNCIA NA ABERTURA DA PARALIMPÍADAS

Contudo, a divisão dos valores da negociação do atacante ainda gera muita confusão. Em conversas com seus ex-empresário, Fabio Caran, Gabriel Jesus criticou o presidente Paulo Nobre, como mostrou o UOL Esportes nesta segunda-feira (26). “Fábio, eu já falei para os caras pagarem o certo. Eu não tenho como obrigar, não assinei nada ainda e até eu assinar a gente tenta. Mas, pô, eu não posso obrigar o presidente a fazer algo, e tu sabe [sic] como ele é”, teria escrito o jogador em mensagem de celular.

Por intermédio de um comunicado divulgado pela FutPress, empresa que gerencia o relacionamento de Jesus com a imprensa, o jogador negou a frase:

“Lamento o fato de um trecho de uma conversa com o meu ex-agente ter sido utilizada de maneira descontextualizada, incompleta e sem nenhuma responsabilidade. Infelizmente, fui enganado e manipulado por uma pessoa que antes eu confiava”.

Crédito da Foto: César Greco / Palmeiras / Divulgação