Corinthians: meia acredita em título e afirma “os outros times não tem nada de mais”.

Divulgação/ Daniel Augusto Jr. Agência Corinthians

Embalado após a vitória e a classificação no meio de semana diante do Fluminense na Copa do Brasil, por 1 a 0. O Corinthians volta a campo neste domingo, novamente diante do tricolor carioca em Itaquera. Mesmo essa competição, que não interfere no Brasileirão, a equipe acordou.

 LEIA MAIS: CORINTHIANS X FLUMINENSE VEJA A PROVÁVEL ESCALAÇÃO

O meia Giovanni Augusto, após três derrotas do time no Brasileirão e duas em clássicos, afirma que isso abala a equipe, mas “O nosso time está otimista. Não estamos vendo nada de mais dos outros times. O Palmeiras e o Flamengo que conseguiram ter regularidade. Estamos muito perto. Futebol tudo pode acontecer. Assim como tivemos queda de rendimento, outros times podem ter. Tem que ter confiança. Vamos brigar até o final.” disse em entrevista.

Ainda perguntado sobre o técnico Cristovão Borges, Giovanni Augusto falou que mesmo após o clássico no fim de semana e a sua demissão, todos estavam muito contidos. Mas, Fábio Carrile no banco demonstrou segurança a equipe. “Já conhecíamos o Carille, tem a mesma filosofia do Tite para acertar contra o Fluminense. Tem que mergulhar na filosofia do Carille, porque está disposto a nos ajudar. Tem tudo para dar certo.”

Para o jogo de domingo, o Corinthians não contará com as torcidas organizadas “Gaviões da Fiel e Estopim após a confusão da partida passada diante do Palmeiras,por tentarem colocar faixas na mureta do estádio. O que é proibido pelo Ministério Público e pela Secretária de Segurança Pública de São Paulo.Além disso, houve confronto das torcida contra a polícia e estas torcidas  estão punidas pelo STJD. Por isso, o setor norte foi fechado e apenas as uniformizadas poderão ficar na Arena no setor Sul.

Mas Giovanni Augusto diz que “Atrapalha. Torcida faz toda diferença. Sem dúvida é o nosso 12 jogador, nos motiva, tira algo a mais quando a gente precisa. Os que vão comparecer domingo vão nos apoiar”. afirmou.

 



Jornalista em formação pela FAPCOM. Repórter esportivo na Web Rádio Futgol Esportes. Setorista da Chapecoense no Torcedores.com. Fã de automobilismo