MP pede suspensão da venda de ingressos de Brasil x Bolívia,entenda

Foto: Fabiano de Oliveira Arena da Dunas

Após observar  irregularidades no site onde estava sendo vendidos  os  ingressos para o jogo entre Brasil e Bolívia,o ministério público do estado do Rio Grande do Norte pediu através de uma ação civil a suspensão da venda dos ingressos.
JOGADOR IRREGULAR DO JUVENTUDE PODE BENEFICIAR SÃO PAULO
RELEMBRE 5 JOGOS INESQUECÍVEIS ENTRE FLAMENGO X CRUZEIRO NO BRASILEIRÃO
A ação foi  pedida,através da promotoria da defensa do consumidor.No documento da ação consta a informação de que o sistema de pagamento conhecido como Pagseguro estava recusando os pagamentos de milhares de compras feitos no site indicado pelo (CBF) Confederação Brasileira de Futebol. Os réus são a própria confederação e o site Guichê Web, que estava responsável pela venda dos ingressos.

Estes ingressos recusados seriam vendidos na segunda feira para novos consumidores. A ação pede que as empresas envie um documento com os nomes das pessoas que foram lesadas durante a compra, com os seus processos de compras. Também pede revisão de todas as compras recusadas que não tiveram justificativas e ser tive novas recuas apresente explicações da recusa para cada compra.

Tem também um pedido de dano moral coletivo no valor de R$ 1.000.000,00 (um milhão de reais) a ser convertido ao Fundo Estadual de Defesa ao Consumidor, instituído pela Lei Estadual nº 6.872/97.

Os consumidores devem enviar um e-mail para endereço consumidor.natal@gmail.com, com o e-mail enviado para eles no ato da compra, para a promotoria reunir provas contra as empresas.

Os trinta e um mil ingressos esgotaram em menos de oito horas, o jogo será realizado Brasil x Bolívia, no dia 6 de outubro na Arena das Dunas, em Natal, valendo pelas Eliminatórias Sul-Americanas da Copa do Mundo de 2018.
fonte: Globo esporte