Mundial: Futsal: Faraós e hermanos duelam pelas quartas de final

Crédito: Divulgação / Site FIFA.com (via Getty Images)

O domingo não será um dia só de futebol e programas comuns deste dia que parece ser tão melancólico. Ele também será dia de um grande jogo de futsal, válido pelas quartas de final do Mundial da modalidade.

LEIA MAIS: MUNDIAL FUTSAL: RÚSSIA GOLEIA ESPANHA E AVANÇA

A partida entre Argentina e Egito reserva grandes incógnitas que se leva a opinar sobre um resultado final. Isso se deve a vários fatores: a Argentina, em relação aos mundiais anteriores, desde o ano 2000, na Guatemala, sempre obteve campanhas medianas, sendo um quarto lugar na edição de 2004, onde perdeu a disputa da terceira posição para o Brasil, por 7 a 4. Quando pode chegar mais longe em 2012, na TaiLãndia, acabou caindo pelo mesmo algoz, só que nas quartas de final. A partida acabou  3 a 2.

O histórico do time egípcio já não é tão favorável quanto o da Argentina. Participou de todas as edições entre 2000 e a atual, com campanha não satisfatórias. A melhor campanha já está sendo a de 2016. Até então, a melhor havia sido quando foi goleado pela Espanha por 7 a 1.

Nesta edição, as equipes se encontrarão pela segunda vez no torneio. A primeira foi em 2004, na segunda fase. O placar foi de 4 a 2 para nossos hermanos. Amanhã, a história será diferente. Para se classificar, ambos enfrentaram duros adversários, além de terem vencido apenas na prorrogação. A Argentina derrotou a Ucrânia por 1 a 0, com gol de Cuzzolino, a um minuto e meio do fim do tempo adicional; já os egípcios derrotaram a Itália, que era colocada como grande favorita. O embate terminou 4 a 3 para o país das pirâmides, com o fixo Elashwal marcando três vezes.

Agora, é tudo ou nada. A Argentina busca mais uma semifinal na história para alavancar a moral da equipe. Enquanto isso, os jogadores dessa geração do Egito querem levar o país a um feito único na história de um país africano.

Qual motivação será mais intensa? A resposta se dará amanhã, no ginásio Coliseo Ivan de Bedout, em Medellín. O confronto está marcado para às 15:30 do horário local, 17:30 no horário de Brasília.

 

Confira a escalação prévia de cada equipe que entrará em quadra amanhã:

 

Argentina: Sarmiento; Wilhelm, Stazzone; Cuzzollino; Borruto.

Téc: Diego Guistozzi

 

Argentina: Gamal; Elashwal, Nader; Eika; Moza.

Téc: Hesham Saleh