Mundial Futsal: Portugal supera possível zebra e vai à semifinal

Crédito: Divulgação / Site FIFA.com (via Getty Images)

Portugal e Azerbaijão duelaram pelo último jogo das quartas de final do Mundial de Futsal. na Colômbia. A partida foi realizada em Cali, no ginásio Coliseo El Pueblo.

LEIA MAIS: MUNDIAL FUTSAL: ARGENTINA GOLEIA BEM E FAZ EGITO BAILAR NO TANGO

A partida prometia uma disputa acirrada, mesmo com a diferença técnica, além da experiência no torneio a favor dos portugueses. O Azerbaijão era nada mais que um mero estreante, com um grande volume de atletas brasileiros naturalizados em seu elenco, mas que estava demonstrando uma grande cadência de jogo. A equipe que participou pela primeira vez, chegou mais longe do que países que já são “conceituados” na modalidade, como Ilhas Salomão, que consegue vagas de maneira consecutiva, mas sempre sofre com constantes goleadas, sem sequer demonstrar um mínimo nível evolutivo.

Em quadra, a promessa se cumpriu. Os times se estudaram durante os primeiros cinco minutos. Após grandes exibições de Ricardinho nos dribles, Portugal descolou uma ótima jogada pela esquerda, e Djo, quase sem ângulo algum, abriu o placar para a terra do fado. Quase cinco minutos depois, Thiago Bolinha empatou para os azeris. Após assistência de Eduardo, o jogador apenas escorou de leve o cruzamento e mandou a bola pro fundo do gol de Bébé. Ainda no primeiro tempo, aos 17 minutos, João Matos marca de cabeça depois de um cruzamento em uma cobrança de escanteio.

No segundo tempo, Ricardinho colocou a sua reputação de atual melhor jogador do mundo à prova. O craque só não fez chover e nem tremer a terra, apenas o ginásio com o espetáculo que esteve proporcionando. Aos sete minutos da etapa complementar, Ricardinho desviou com a panturrilha uma bola lançada à meia altura, deslocando o goleiro azeri Kurdov. Enquanto a equipe asiática ainda estava a dois gols dos portugueses, a pressão foi absoluta em busca da reação, com poucas ameaças dos europeus, que estavam somente administrando o resultado. O ar de reação do Azerbaijão veio quando Eduardo auxiliou a Kurdov em fazer o goleiro-linha. Em jogada projetado através deste recurso, Eduardo conseguiu diminuir a vantagem lusitana. Os minutos restantes foram de emoção absoluta, onde a equipe estreante do Mundial obteve mais cinco chances e Bébé salvou em duas delas, ficando apenas em 3 a 2, com direito a duas tentativas de gols de bicicleta de Ricardinho.

Aos azeris, o espírito de equipe e a raça se fizeram presentes a todo momento da partida, demonstrando vontade incessante em busca de ampliar seu nome na história. O cartão de visitas foi bem carimbado e representado por um país que sempre demonstra felicidade em meio das dificuldades, lembrando que se garantiu neste mundial derrotando nada mais, nada menos do que a Holanda, que se passou por favorita. O Azerbaijão já está na história!

Com a vitória suada sobre os azeris, Portugal avança à semifinal, sendo a melhor campanha no torneio da equipe até aqui, com grande chance de chegar à final. Seu oponente será a Argentina, que goleou o Egito por 5 a 0 na tarde deste domingo, em Medellín. A partida decisiva da semifinal ocorre na próxima quarta-feira (28), às 19 horas no horário local; 21 horas no horário de Brasília, no mesmo Coliseo El Pueblo, em Cali