Na África, presidente da Fifa defende ampliação da Copa do Mundo

Reprodução/Facebook oficial da FIFA

A Copa do Mundo pode ter seu formato ampliado. Este é o desejo do presidente da Fifa, Gianni Infantino, que declarou nesta semana que pensa em aumentar o número de participantes da principal competição entre seleções do planeta dos atuais 32 times para 40.

LEIA MAIS

TIM MAIA COMPLETARIA HOJE 74 ANOS. SABE PARA QUAL TIME ELE TORCIA?

NINTENDO 64: RELEMBRE OS MELHORES GAMES DE ESPORTE

GABIGOL E MAIS TRÊS BRASILEIROS CONCORREM A PRÊMIO DE MELHORES JOVENS DO FUTEBOL EUROPEU

A declaração de Infantino foi dada durante a Assembleia Geral Extraordinária da Confederação Africana de Futebol (CAF) realizada nesta quinta-feira (29) no Egito. O mandatário da organização que rege o futebol mundial sinalizou inclusive que, caso o Mundial passe a ter 40 clubes, a África teria mais duas vagas na competição.

“A África tem um papel importante no futebol. Devemos entrar em ação e dar ao continente o lugar que ele merece no cenário do futebol mundial. Se meu desejo de termos uma Copa com 40 times for realidade, a África terá mais duas vagas e a CAF deve ajudar a Fifa a tornar isto possível”, disse Infantino.

Na assembleia extraordinária da Confederação Africana, dois africanos foram eleitos para integrar o Conselho da Fifa, o guineense Almamy Kabele e o ganês Kwesi Nyantakyi, que se juntam a outros cinco membros previamente indicados pela entidade para representar o continente no órgão.

O desejo de ampliação da Copa do Mundo para 40 times não é algo novo na mente do presidente da Federação, que já se declarou favorável a expansão da competição a partir de 2026.

(Crédito da foto: Reprodução/Facebook oficial da FIFA)