Opinião:5 lições que o Santos pode tirar da derrota para o Sport

Crédito da foto: Reprodução\ Facebook oficial do Santos

O Santos atuando fora de casa, na Ilha do Retiro, perdeu para o Sport por 1 a 0 gol do Rogério, o time do técnico Dorival Júnior cometeu muitos erros durante a partida de hoje, como ter entrado em campo muito desligado, confira agora 5 lições que o Peixe pode tirar dessa derrota em Recife.

Leia mais:

APÓS DERROTA, LUCAS LIMA RECONHECE: “ENTRAMOS ABAIXO DO NORMAL”

VEJA A CLASSIFICAÇÃO ATUALIZADA DO CAMPEONATO BRASILEIRO 2016

SPORT X SANTOS: ASSISTA AOS MELHORES MOMENTOS DO JOGO

5 lições que o Santos pode tirar da derrota para o Sport:

1- Entrou desligado no jogo: O Sport começou muito bem o jogo, partindo para cima do Santos, porém o time da baixada santista entrou muito desligado, o time de Recife parecia que jogava uma final de campeonato e o Peixe apenas mais uma partida do Campeonato Brasileiro.

2 – Deu muitos espaços para o Sport: Além do time ter entrado desligado em campo, deu muitos espaços para o Sport, principalmente pelas laterais, se não fosse a má finalização do clube de Pernambuco e outra ótima atuação do goleiro do Vanderlei, o Alvinegro Praiano teria tomado mais gols sem dúvidas nenhuma.

3- Perdeu muitos gols: O Sport perdeu várias chances de gols, porém o Peixe também pecou nas finalizações, um time que até essa rodada almejava título não pode ter uma pontaria tão ruim, como teve nesta noite em Recife, fica de lição para os próximos jogos.

4 – Elano não tem condições de jogar: O Vitor Bueno se lesionou durante a partida com o Sport e o técnico Dorival Júnior lançou para campo o meia Elano, ele foi muito mal e acabou expulso por reclamação, o camisa 11 santista tem uma carreira consagrada, é um líder nato e merece todo respeito, porém dentro de campo atuando já deu para o jogador.

5- Faltou ousadia para o Peixe: O Santos além de iniciar o jogo com medo de atacar, sem marcação alta, velocidade, troca de passese agrediu muito pouco o Sport, faltou ao Dorival a ousadia necessária para buscar o empate. No momento que o Vitor Bueno se lesionou o Alvinegro Praiano estava melhor, sufocando o time de Recife e em vez do treinador colocar o Joel ele lançou para campo o volante Elano.



Estudante de Jornalismo. Setorista no Torcedores.com do Santos e Botafogo.