Opinião: Sucesso do Flamengo é resultado do bom elenco

Flamengo
Crédito da foto: Divulgação/ Gilvan de Souza/ Flamengo

No último domingo, o Flamengo continuou sua caça ao líder, Palmeiras, com a vitória frente ao Cruzeiro, em Cariacica. O 2 a 1 preservou a segunda colocação do Rubro-Negro e a manutenção de um ponto de diferença dos paulistas, porém o segredo da boa campanha está na qualidade dos jogadores vindos do banco de reservas.

LEIA MAIS:
PARÁ COMEMORA BOA FASE APÓS PRESSÃO DE SUBSTITUIR LÉO MOURA NO FLAMENGO

Em vários jogos, jogadores como Fernandinho, Mancuello, Allan Patrick e Emerson Sheik entraram no transcorrer da partida para fazerem gols importantes para o time carioca.

Na partida contra o Cruzeiro, por exemplo, o argentino Mancuello entrou após os 30 minutos do segundo tempo para mudar o time taticamente e fazer o gol da virada.

O Flamengo começou jogando no 4-2-3-1, com Marcio Araújo e Willian Arão como volantes, Diego como meia central, Gabriel e Éverton pelas pontas e Paolo Guerrero como referência.

Porém, o Cruzeiro do técnico Mano Menezes foi inteligente e marcou as laterais, frente da área (zona de armação de Diego) e a saída de bola feita por Willian Arão.

Porém, o grupo carioca é forte. Zé Ricardo tirou Marcio Araújo, que tinha liberdade para jogar mas não a característica de armador, colocou o argentino e ganhou uma saída de bola mais qualificada feita por Arão. O time passou ao 4-1-4-1, ficando mais agressivo.

Mesmo tomando o primeiro gol, marcado por Rafinha, tiveram qualidade para virar a partida, com gols de Guerrero e Mancuello.

Isso demonstra a necessidade de ter um grupo qualificado para disputa de um campeonato longo.

Se o cheirinho do hepta vai se concretizar em título, não posso afirmar, porém que a qualidade do grupo “cheira” a sucesso, isso tem sido demonstrado.