Opinião: Torcida impaciente, Carille competente, mas medroso

Foto: Daniel Augusto/ Agência Corinthians

O Corinthians, se reestruturando, depois da péssima experiência com o técnico baiano Cristóvão Borges, venceu o Cruzeiro pelo jogo de ida da Copa do Brasil 2016, na Arena Corinthians, nesta quarta (28).
LEIA MAIS:
Baú do Torcedores: Portuguesa x Corinthians, 3 anos da maior zebra do clássico

A torcida vaiou o técnico Fábio Carille pelas substituições, mas a diretoria deve relevar e manter o comandante à frente da equipe. Willians entraria na partida, quando a torcida começou a vaiar, Carille pensou em voltar atrás, entretanto, nesse meio tempo, gol do Cruzeiro, diminuindo o marcador e, se sentindo ameaçado, o sucessor de Cristóvão insistiu no camisa 5.

O criticado Romero -melhor em campo- recebeu criticas da torcida depois da derrota contra o Fluminense, mas o atual “professor” do time alvinegro deu mais um voto de confiança no paraguaio, ponto positivo para o treinador.

O que deve ser revisto na diretoria do Corinthians, é a incoerência com os atletas de base, que querem entrar, o time precisa, mas ficam apenas no aquecimento. Léo Jabá deve ser visto com mais carinho pelos cartolas corintianos.



Estudante de Jornalismo na FIAM/FAAM - 20 anos